5 de outubro de 2010

Anunnakis: Os Senhores da Escuridão.

Anunnakis: os Senhores da Escuridão

24/09/2010

Os Annunaki são os hominídeos gigantes oriundos do 12º Planeta, tantas vezes referidos, com vários nomes, nas lendas do homem, tal como o seu Planeta – Marduk, Wormwood, 12º Planeta, e ultimamente o Planeta X descoberto pela NASA em 1983. Estes gigantes eram aproximadamente 50% maiores do que o homem, uma vez que o seu Planeta é mais denso e mais maciço, e a sua gravidade muito mais forte. Eram necessários ossos mais largos para suportar a vida nesse lugar. Estes gigantes vieram para a Terra durante as passagens feitas pelo seu Planeta, o qual atravessa o Sistema Solar cada 3657 anos, tal como recordam os Sumérios. Eles exploraram minas de ouro, um mineral raro no seu Planeta, que passava grande parte da sua órbita entre dois Sóis binários – o Sol e o seu irmão gémeo negro a uma distância de cerca de 1874 vezes a distância entre o Sol e Plutão.

Quem leu o famoso livro de Zecharia Sitchin “O 12º Planeta”, lançado em 1976, pode constatar o grande e extraordinário trabalho de pesquisa realizado por este cientista. Zecharia Sitchin (Baku, 1922) é um autor de livros defendendo uma versão da teoria dos astronautas antigos para a origem da humanidade. Ele atribui a criação da antiga cultura suméria aos “Anunnaki” (ou “nefilim”), uma raça extraterrestre nativa de um planeta chamado Nibiru, que se encontraria nos confins do Sistema Solar. Ele afirma que a mitologia suméria é a evidência disto, embora suas especulações sejam descartadas pela maioria dos cientistas, historiadores e arqueólogos convencionais, que discordam de sua tradução dos textos antigos e de sua interpretação da física.

Agora qualquer um pode constatar a veracidade das teorias de Sitchin lendo o Cap. 7 do livro espírita “Senhores da Escuridão”, psicografado pelo médium Robson Pinheiro de autoria do espírito Ângelo Inácio. Este livro foi lançado em Junho de 2008 pela editora Casa dos Espíritos e retrata os bastidores da vida extrafísica, nas incubadoras da dimensão inferior onde os “cientistas das sombras”, arregimentados pelos dragões imperadores, desenvolvem projetos para manipular líderes e governantes no planeta Terra. O objetivo? Estabelecer o caos social, religioso e ecológico. Em meio a guerras, genocídios e níveis de poluição alarmantes, as trevas esconderiam o Sol, o que daria aos senhores da escuridão condições de emergir à superfície e implantar sua política tenebrosa em âmbito planetário. Entre as facções do mal, as disputas não cessam por um instante sequer, e isso já se desenrola há milhões de anos entre a grande falange branca, liderada por Jesus em nossa galáxia e a falange dos dragões imperadores, constituída por uma raça antiquíssima devotados ao mal e denominada Anunnakis, conforme inscrições deixadas nas tábuas sumérias e decifradas por Zecharia Sitchin.

Eu particularmente já li o livro “O 12º Planeta” e outros livros da série de Sitchin sobre a interferência no desenvolvimento da raça humana por seres alienígenas, os Anunnakis. Até hoje Sitchin é tido como louco por outros cientistas e suas teorias vem sendo ridicularizadas pela mídia manipulada e por religiosos cegos que não conseguem enxergar um palmo à sua frente. Eu já li também inúmeros livros de Jim Marrs, Erich von Daniken, David Icke, etc., sobre teorias conspiratórias e sobre 2012 e fiquei impressionado quando li recentemente “Os Senhores da Escuridão”. Como havia dito, o Cap. 7 deste livro é uma narração de uma comunicação mediúnica com um espírito que faz uma descrição pormenorizada de como sua raça, oriunda de outro planeta e de um outro sistema de vida incrivelmente mais evoluído, veio zarpar em nosso pequenino planeta Terra. É incrível como tudo “bate” com as teorias de Zecharia Sitchin! Quem leu “O 12º Planeta”, publicado, como disse, em 1976, tem tudo a ver com este livro “Senhores da Escuridão”, publicado em 2008. Gostaria de enviar este livro em inglês para Sitchin lê-lo antes de morrer, pois já se encontra em idade avançada mas ainda profere palestras pelo mundo afora tentando explicar, e “avisar”, sobre o retorno do planeta Nibiru e da verdadeira origem da raça humana e das guerras nucleares entre naves que remontam mais de 6 mil anos atrás. O leitor que puder constatar isso através da leitura minuciosa e criteriosa pode verificar que Zecharia está certo e que realmente toda a sua teoria, baseada nas escrituras cuneiformes da tábuas sumérias, está comprovada. Não será do dia para a noite que o leigo poderá acreditar em tudo isso que estou escrevendo…, jamais! – é preciso, meus amigos, ler muita coisa e separa o joio do trigo. Talvez alguns leitores me ignorem completamente e me ridicularizem também (estou pronto para isso!), mas uma coisa é certa: acreditem ou não, há muitas coisas que fogem ao nosso entendimento atual e nem mesmo os mais capacitados cientistas defensores de suas teorias, poderão acreditar nisso… nunca estivemos sós! Somos manipulados constantemente, feitos de cobaia e pasmem, há uma vida, digo, outras dimensões de vida além da nossa de carne e osso. Sou um pobre e coitado blogueiro à procura da verdade, nada mais. Não procuro reconhecimento nem dinheiro. Minha arma é a leitura, o conhecimento.

Realmente todas aquelas teorias conspiratórias e teorias de David Icke, Jim Marrs e Daniken são relativamente verdadeiras quando as lemos e as vemos de um patamar superior, de cima. O que há, na verdade, são inúmeras pessoas, geralmente importantes no mundo, que são manobradas e subjugadas pelos Senhores da Escuridão para intentar guerras, genocídios e disputas para o caos mundial. São manionetes à serviço do mal. Mas em meio a tudo isso há também as falanges do bem determinadas a realizar o progresso da humanidade para novos horizontes e novas etapas. O bem e o mal são vertentes nessa disputa onde as leis de DEUS são imutáveis e regem todo o grande sistema, seja físico ou extrafísico. Mais longe vê quem mais alto voa. Esse sempre foi o lema deste singelo blog; apenas buscando agregar novas verdades para iluminar nosso escuro caminho nesta longa e tenebrosa jornada da vida terrena. Todos os caminhos levam a DEUS. Sim, seja pelo bem ou pelo mal, tudo e todos um dia se encontrarão no ápice da evolução espiritual de cada espírito individual e único. Jesus é o caminho, a verdade e também a vida, somente por ele poderemos chegar mais rápido ao glorioso trono da conquista de sí mesmo. Não foi, não é e não será fácil esta caminhada. Os que hoje se encontram nos infernos abismais um dia também reencontrarão a luz e a paz espiritual. Obviamente irão demorar mais no grande relógio da eternidade, mas também chegarão lá. Leiam. Reflitam. Leiam de novo. Abram suas mentes e estejam abertos a todo o conhecimento sem pré-conceitos antecipados. Resolvi escrever estas linhas para poder compartilhar com vocês o que me chamou muita, muita atenção em muito tempo de leitura.

O inferno existe? Sim. Quem domina os infernos abismais na sub-crosta terrena? Os dragões (os mesmos dragões do Santo São Jorge, lembram católicos?). Quem são estes dragões, seria Lúcifer? Para uns sim, mas na verdade são espíritos decaídos e que para aqui gravitaram há milhões de anos, na grande disputa entre poderes galáticos (bem ou mal… Jesus x Lúcifer, etc.). Interpretem como quiserem. O fato é que os dragões (não sei quantos são ainda em atividade…) estão presos nas profundezas abismais (leiam o livro: O ABISMO, de R. A. Ranieri – 1987 pelo espírito André Luiz, o mesmo autor de “Nosso Lar”) e ao longo do tempo arregimentaram espíritos inteligentes e de envergadura para promover seus planos de dominação da superfície. Leiam meus amados. É muito interessante como há um elo entre diversos livros espíritas e não-espíritas e vocês irão, assim como eu, juntando as peças de um imenso quebra-cabeças que nenhuma religião, nenhuma doutrina, nenhum livro ou nenhuma ciência isolada poderão explicar. Um grande abraço fraternal e até breve.

Material retirado do site: Livre Pensador.


Nota: Leitura recomendada: Gen. 6:4 (bliblia)

12º Planeta- Zecharia Sitchim

Pesquisa recomendada: Nephilins ou Nefilins

Abraços

Célio.


0 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...