20 de novembro de 2011

Essencial é viver.


Vivendo

Existe sempre um dia que a gente se cansa das frivolidades!
Existe sempre um tempo onde o que queremos é um pouco mais de profundidade.
Algumas pessoas correm como loucas disto porque pensam que se aprofundar, deixar a superficialidade das coisas fugazes, fará delas prisioneiras de algo ou alguém.
Na verdade nem percebem que estão presas aquilo que consideram liberdade.


Porque livre mesmo é aquele que não teme o outro porque não teme a si mesmo.
Deu-se ao autoconhecimento e assim resolveu desbravar-se e se conhecendo torna-se liberto, porque cuida de emocionar-se, de permitir-se o riso por coisas simples e as lágrimas pelo que valem (o escoar de uma represa que se não abre compotas estoura em dor e violência).
Este ser ultrapassa as convenções e permiti-se sentir, e sentir não com a pele, mas com a alma e consigo inteiro.


E quando atinge este estagio tudo que é cor ficam mais intensa, todas as pessoas são reais e, portanto as emoções vividas com elas e ou junto a elas são mais profundas e marcantes.
E quando estas mesmas pessoas se vão, porque quiseram ou porque tiveram de ir, fica um nicho, um quarto dentro de nós com aquelas emoções grafadas e, portanto agora patrimônio nosso.


Eu sou feita de uma porção de emoções que são minhas e misturas a de tantos que passaram, ou estão em minha vida.
Em determinado momento a frase que dita está impreguinada da gentileza de um amigo ou da franqueza de um irmão e, ainda é minha, genuinamente traspassada de muitos. E ai sou muito mais completa.

Andei flertando com a futilidade, deixando-me enganar por umas promessas que esta louca faz de alegria, e percebi que eu sou muito areia para o caminhãozinho da futilidade e da superficialidade.

E não estou falando de papeis e sim de emoções, sentimentos, vibrações... Papeis são convenções.
Sentimentos e emoções são parte das pessoas!
Têm validade e são a carta de alforria da mediocridade.

Giane


http://giane-fotopalavras.blogspot.com/2011/02/essencial-e-viver.html

Nota:
Giane é minha amiga no facebook, mais conhecida como Gi Navega, mora em Nova Friburgo RJ, artesã das melhores em matéria de arte em bijuteria e acessórios para moda.

Um abraço a todos.
Célio


Pra relembrar:
Viver sem ter a vergonha de ser feliz..



1 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...