29 de novembro de 2011

Justiça condena Caio Fábio por falsificar documentos para ajudar o PT - Atualizado Vídeo


Caio Fbio
Lula confirmou que teve um encontro com Caio Fábio para conversar sobre o dossiê. Ele disse que, posteriormente, Thomaz Bastos, então advogado da campanha eleitoral do PT, examinou o dossiê, constatando que se tratava de uma fraude. Por isso, segundo Lula, o PT recusou a proposta de compra dos documentos.

A Justiça Eleitoral condenou por calúnia o ex-pastor Caio Fábio D’Araújo Filho (foto), 56, a quatro anos de prisão por ter ajudado a elaborar e distribuir documentos falsos para incriminar a cúpula do PSDB na disputa eleitoral de 1998 contra o PT. Caio, que estava muito próximo de Lula na época, esperava ajudar o PT.
O ex-pastor, que é considerado um guru por blogs sensacionalistas como o Genizah, vai recorrer em liberdade da condenação. Ele nega que tenha sido um dos responsáveis pelo “dossiê Cayman”, como o caso ficou famoso na imprensa. “Não estou nem um pouco preocupado com isso [a condenação]”, disse. “Tenho a consciência absolutamente tranquila.”
A decisão da Justiça teve como base o depoimento de testemunhas e investigações da Polícia Federal do Brasil, da qual participou também o FBI, a polícia federal norte-americana.
Pelas investigações, os documentos que Caio Fábio ajudou a falsificar acusavam que Fernando Henrique Cardoso, na época disputando a presidência do Brasil contra Lula, e Mário Covas, que estava em igual disputa contra o PT para o governo do Estado de São Paulo, tinham no paraíso fiscal das ilhas Cayman (Caribe) US$ 368 milhões (R$ 628 milhões).
Esse dinheiro, pelas informações falsificadas do ex-pastor, teria sido pago como propina por empresários supostamente beneficiados com a privatização do setor de telecomunicações.
De acordo com as investigações, os outros acusados pela fraude são empresários cujo objetivo, na época, era “fabricar” a documentação para vendê-la ao PT. Esses empresários e Caio Fábio teriam produzido a documentação em Miami. Até agora, o ex-pastor presbiteriano é o único condenado.
No inquérito, consta depoimento de políticos que na época tiveram acesso à cópia do dossiê, entre eles Luis Inácio Lula da Silva, José Dirceu, Paulo Maluf, Ciro Gomes, Marta Suplicy e Leonel Brizola.
Lula confirmou que teve um encontro com Caio Fábio para conversar sobre o dossiê. Ele disse que, posteriormente, Thomaz Bastos, então advogado da campanha eleitoral do PT, examinou o dossiê, constatando que se tratava de uma fraude. Por isso, segundo Lula, o PT recusou a proposta de compra dos documentos.
Caio Fábio teria oferecido o dossiê ao PT pelo preço de US$ 1,5 milhão (R$ 2,5 milhões). Na época, ele era um pastor de prestígio entre os políticos de esquerda, tendo grande acesso a eles nos bastidores.
Com o caso Cayman, que expôs publicamente suas atividades políticas oportunistas nos bastidores, Caio Fábio caiu em desgraça. Essa foi sua queda política. Quase na mesma época, descobriu-se que ele estava em adultério com a secretária durante anos. Esses escândalos somados o levaram a ficar deprimido, a emagrecer 25 quilos (pesava 119) e a acumular uma infinidade de dividas. Nesse tempo, ele era da Igreja Presbiteriana, da qual foi afastado por causa de seu caso extraconjugal. Para se recuperar financeiramente, fundou a Igreja Caminho da Graça e passa o tempo hoje criticando toda e qualquer liderança evangélica, mas perdeu o estrelato que tinha na década de 1990.
Em 1994, durante seu apogeu, seu programa de TV, “Pare & Pense”, foi o primeiro programa evangélico de TV a se envolver diretamente no processo eleitoral presidencial, tendo, juntamente com Valnice Milhomens, apresentado o candidato Lula.
Embora o dossiê Cayman tenha fracassado em seus intentos, a estratégia de Caio Fábio, ao trazer Lula para o “Pare & Pense”, teve resultado oposto entre os evangélicos com relação a Lula e ao PT. Só anos mais tarde Caio confessou:
Aproximei Lula dos evangélicos, os quais, durante anos, o chamavam de ‘diabo’. Muitas foram as oportunidades que criei para que ele tivesse a chance de se deixar perceber pela igreja”.
Hoje, Caio contenta-se em ser a estrela de blogs chamados “apologéticos” como o Genizah.
A condenação de Caio, por crime de calúnia, foi agravada por ter envolvido o então presidente Fernando Henrique Cardoso em seu esquema para fortalecer eleitoralmente o PT e ganhar algum dinheiro.
Resta saber se o PT, que soube socorrer Lula dos monumentais escândalos do mensalão, terá interesse em socorrer um ex-pastor que tanto fez para levar os evangélicos ao PT.

Com informações da Folha de S. Paulo e Paulo Lopes.

Nota A Verdade Liberta.
Embora as vezes  postemos aqui textos muito bons de Caio, este blog deve ser imparcial.
Qualquer notícia importante sobre líderes religiosos, sejam eles pastores, bispos, reverendos e até mesmo o papa, se for importante para informação do público, estaremos postando.


Leiam também a matéria:



Caio Fábio foi pressionado pelo PT no caso Dossiê Cayman
Ricardo Muniz | 22/09/2006

Não é de hoje que membros do Partido dos Trabalhadores buscam avidamente informações pessoais comprometedoras para desqualificar quem lhe é incômodo politicamente. Não é de hoje que o PT se dá mal nessas tentativas. Pelo relato do ex-pastor evangélico Caio Fábio D’Araújo Filho, assim foi na campanha presidencial de 1998. Naquela vez, o partido conseguiu tirar a tempo o corpo da linha de tiro. Quem se deu mal mesmo foi ele. Caio Fábio, suposto intermediador do caso Dossiê Cayman, detesta imaginar que seu nome estará associado para sempre ao escândalo de falsificação. “Não agüento mais ter vivido 27 anos por uma causa, e, por um episódio, ter minha existência estigmatizada.”

O reverendo alcançou na década de 1990 um status inédito: foi um líder evangélico respeitado em todo País. Com a Fábrica de Esperança, um ambicioso projeto social em Acari, no Rio, Caio Fábio foi incensado pela mídia e acostumou-se a receber visitas ilustres. Fernando Henrique Cardoso, por exemplo, apareceu lá em janeiro de 1995, no início do primeiro mandato na Presidência da República.

No vídeo abaixo o Rev. Caio Fabio conta, mais uma vez, sua versão sobre dossie Cayman.

Deus abençoe a todos.
Um abraço 
Célio Siqueira

Separei alguns comentários  no Facebook sobre esse assunto:

Perfil de Fausto · Mural de Fausto


Fausto Castello SOBRE A CONDENAÇÃO DE CAIO FÁBIO NO CASO "DOSSIÊ CAIMÃ"

Que os inimigos brindem e celebrem.

Que os vampiros sorvam gostosamente o sangue inocente.

Que os cristãos-juízes togados vomitem alegremente seu moralismo pestilento.

Que os 'crentinos' politicamente corretos cantem e dancem recatadamente em suas clausuras.

Quem for tão-somente discípulo de Jesus Cristo e amar a verdade, nada faça senão confiar e orar.

Logo Aquele que é a própria Verdade se manifestará e acabará com o banquete dos lobos.

Então, todos saberão…



Fausto Castello Não pude me calar. No entanto, o que acima está é tudo que tenho a dizer. Abraços. há ± 1 hora ·

Curtir · 3


Newton Cyrillo quem mandou ele se meter no meio de cobras? o diabo fascina.
há ± 1 hora · Curtir (desfazer) · 2


Fausto Castello Verdade, Newton. O próprio Caio reconhece isso e já o disse ou escreveu várias vezes. Há textos inteiros no site sobre isso. O arrependimento dele não é pela culpa de nenhuma das acusações, pois de fato é inocente, mas por ter, em dado momento, cedido aos apelos chorosos das sedutoras serpentes luliformes por crer, ingenuamente, que era a coisa mais ética a fazer naquele momento.
há ± 1 hora · Curtir · 1



Iverson Santos Que Deus guarde o Caio das rapinas e das hienas!!!
há ± 1 hora · Curtir · 4



Roney Roninho Sena O PT é aluno dos maiores vigaristas intelectuais do planeta. Sabem fazer merda e empurrar para o prato alheio. O próprio Fernando Henrique, quem mais teria motivo pra ferrar o Caio, enviou o secretário pra limpar a barra e dizer que ele não tinha nada a ver. Mas, História é o ponto (mais) fraco desse país (Digo em relação aos próprios governantes de "direita". A direita mais burra de todas as galáxias).
há ± 1 hora · Curtir · 2


Roney Roninho Sena Pra sobreviver nesse meio, não basta ser inteligente, tem que ser vigarista.
há ± 1 hora · Curtir · 3




Newton Cyrillo Deus até guarda, Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Tiago 1:14
há ± 1 hora · Curtir (desfazer) · 3


Newton Cyrillo quero saber mesmo é o que o dossie tem a ver com evangelho.
há ± 1 hora · Curtir · 1


Roney Roninho Sena Comentário de um Pr. que amava muito o Caio me mandou: "Fiquei muito triste e chorei quando soube que o Caio havia metido a mão em dinheiro nas Ilhas Cayman - O cara não sabe nem aonde mora..
há ± 1 hora · Curtir




Alandoamaral Novalis

o PSDB não presta. o PT fede. eu odeio a Direita e sempre achei a Esquerda um "mal menor". O Caio era uma espécie de "conselheiro real" de um monte de pilantra, título "nobre" e, certamente, almejado por muitos pregadores cristãos... tá, aí deu merda, como provavelmente daria. E, ainda por cima, virão pessoas do contra e a favor, pessoas criticando o Caio e, até, criticando A GENTE!!! kkkkk ( ^ ), que estamos aqui apenas discutindo, conversando, trocando idéias e impressões. O que farei disso tudo??? Com toda sinceridade do mundo: não quero e nem vou perder o meu tempo com isso, preciso focar nas coisas mais importantes da minha vida. Vida que segue.
há 3 horas · Curtir · 1


  • Celio Freedon 
    Olha..eu postei a informação no blog, como tb posto as coisas que acontecem em torno do Silas e de outros. Tem que ser imparcial. Mas eu fico aqui pensando tudo concorre para o bem, essa condenação não poderia ser diferente, eu tenho por mim que esse caso vai servir pára reflexão de muita gente. Deus é sempre fiel e justo, se ele mesmo deu seu filho pra ser humilhado na cruz por nós, tendo isso vindo a ser salvação, não creio que pouparia qualquer outro para que toda a obra seja perfeita. Uma coisa muito ruim é ir pra cadeia sem Jesus no coração, isso não é o caso de Caio. Eu lhes asseguro que quem vai para aquela cadeia (se isso vier a acontecer) sou eu, vcs, Jesus e o Pai, pq no amor somos todos um só, e na dor não podemos ser diferentes.

    há 18 minutos ·  · 1


ATUALIZAÇÃO VÍDEO:


No vídeo abaixo,  o Rev. Caio Fábio faz uma breve 
declaração sobre sua condenação anunciada pelo jornal 


Folha de São Paulo no dia 29/11/2011.






2 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...