6 de março de 2012

Procurador pede prisão de Geraldo Alckmin e Naji Nahas por crimes no Pinheirinho


O procurador do Estado de São Paulo Marcio Sotelo Felippe afirma que o governador Geraldo Alckmin, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Ivan Sartori, e Naji Nahas devem ser presos pelos crimes cometidos contra a humanidade no Pinheirinho, em São José dos Campos, interior de São Paulo

Alckmin Nahas Sartori Pinheirinho PrisãoDurante quinze dias, o jurista Márcio Sotero  se debruçou na documentação da área do Pinheirinho, onde foram expulsas pela tropa de choque da Polícia Militar, no dia 22 de janeiro, milhares de pessoas pobres.
A reintegração de posse foi requerida pela massa falida da Selecta, empresa do especulador Naji Nahas. Ao pesquisar toda a papelada do processo de falência o procurado do Estado fez algumas descobertas até agora não divulgadas por autoridades que tinham este conhecimento.
Márcio Sotero Felipe também é professor de Filosofia do Direito da Escola Superior da Procuradoria Geral do Estado de São Paulo e exerceu o cargo de Procurador Geral do Estado na gestão Mário Covas.
Nota: Veja no link abaixo post que fizemos com vídeos onde as pessoas falam da violência aplicada e das mortes que aconteceram no Pinheirinho.

http://celiosiqueira.blogspot.com/2012/01/depoimentos-da-guerra-civil-brasileira.html


0 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...