7 de janeiro de 2014

Ondas gigantes põem costa portuguesa em alerta vermelho

Hugo Correia / Reuters

A Europa ocidental deverá ser atingida neste início de semana por uma tempestade fora do normal, com ondas de grande dimensão. O “Black Swell” – como foi baptizada a tempestade pela comunidade surfista - começa a varrer as ilhas britânicas, Irlanda e Portugal a partir do meio-dia. As previsões de forte agitação marítima estão a pintar todos os distritos litorais a vermelho, o aviso mais grave dos quatro da escala do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). Para os Açores, a situação é igualmente preocupante, com o IPMA a apontar ondas de 10 metros, o que coloca sete ilhas dos grupos Central e Ocidental também no vermelho.



O surfertoday.com diz que as cartas não deixam dúvidas sobre a intensidade com que as ondas gigantes que aí vêm vão atingir a costa europeia. Refere o site que o olho da tempestade é maior do que o território francês. Ondas de 25 segundos é com o que podemos contar até pelo menos ao final do dia de hoje. A tempestade vai chegar anunciada por chuva forte e ventos de 40 nós. As barras marítimas de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Douro, S. Martinho do Porto e Figueira da Foz estão fechadas à navegação no dia de hoje e outras duas condicionadas devido à agitação marítima, de acordo com informação da Marinha Portuguesa. A barra de Viana do Castelo está fechada a embarcações de comprimento inferior a 30 metros e a de Aveiro a embarcações de comprimento fora a fora inferior a 35 metros. As restantes barras marítimas encontram-se abertas.

Para as regiões norte e centro espera-se céu geralmente muito nublado, períodos de chuva, por vezes forte, até meio da tarde, no Minho e Douro Litoral, onde passará gradualmente a regime de aguaceiros.

O vento será fraco a moderado do quadrante sul, soprando até ao início da tarde moderado a forte, com rajadas da ordem de 70-90 km/hora, no litoral a norte do Cabo Carvoeiro, e forte, com rajadas da ordem de 90-100 km/hora, nas terras altas e subida da temperatura mínima.


Maya Gabeira, a surfista brasileira que recentemente fez a maior onda por uma mulher, na Nazaré, referiu que esta “foi a maior tempestade que viu nos mapas”.

Com o Atlântico fortemente agitado, em Portugal Continental são dez os distritos sob aviso vermelho, a saber: Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro. O IPMA conta com ondas de noroeste de sete a nove metros na orla costeira.

O aviso vermelho vai manter-se entre as 9:00 e as 23:59.

Por uma questão de precaução, também a Madeira ficará sob aviso laranja [desde as 6:00] até às 11:59 de amanhã, terça-feira.

Mas nem o interior do país escapa: os distritos Vila Real e Viseu ficam sob aviso amarelo, o segundo menos grave na escala.

Nestes distritos, é esperada nas terras altas chuva por vezes forte e vento do quadrante sul com rajadas da ordem dos 90 a 100 quilómetros/hora nas terras altas até às 11:59 de hoje.

Também devido à previsão de chuva, o distrito de Santarém fica sob aviso amarelo entre as 00:00 e as 16:59 de terça-feira.
Sul mais poupado
A situação a Sul do território é, apesar de tudo, mais calma, com o IPMA a apontar para céu geralmente muito nublado e períodos de chuva em geral fraca a partir do final da manhã no Alto Alentejo.

O vento é em geral fraco do quadrante sul, tornando-se moderado a partir da manhã no litoral; poderá ser forte nas terras altas.

Em relação ao termómetro, Lisboa e Évora não deverão ultrapassar os 16 graus Celsius; Porto, Viana do Castelo e Leiria 15; Faro e Beja 17; Castelo Branco, Portalegre e Vila Real 12; Bragança 10; Guarda 7; Ponta Delgada e Angra do Heroísmo 14; Santa Cruz das Flores 13 e Funchal 21.
Açores testam tempestade
À semelhança do Continente, o IPMA colocou sete ilhas do arquipélago açoriano sob aviso vermelho até ao início da tarde.

A agitação marítima esperada aponta para ondas de 10 metros nos grupos Central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) e Ocidental (Flores e Corvo).

Os Açores acabam por servir de teste ao “Black Swell”, que varre o arquipélago antes de chegar ao Continente Europeu. Assim, também o grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria) fica sob aviso amarelo - prevendo-se ondas de sete metros.
http://www.rtp.pt

Onda gigante arrasta veículos.

0 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...