24 de setembro de 2011

Cientista da Merck Laboratórios admite presença de vírus da AIDS, SV40 e câncer em vacinas







Dr. Maurice Hilleman Quantas AIDS infectados, SV40 eo câncer?
Um dos cientistas mais proeminentes de vacinas na história da indústria de vacinas - um cientista da Merck Laboratórios - fez uma sonda de gravação, ele admite abertamente que as vacinas dadas para os EUA foram contaminados com vírus de leucemia e câncer.


Em resposta, seus colegas (que também são gravados) gargalhada e parecem pensar que é engraçado. Em seguida, eles sugerem que porque estas vacinas são testados na Rússia, eles vão ajudar os Estados Unidos a vencer os Jogos Olímpicos para os atletas russos são todos "cheio de tumores."(Portanto, eles sabiam que estas vacinas causou câncer em seres humanos).

Esta não é uma teoria da conspiração - estas são as palavras de um cientista sênior Merck (Dr. Maurice Hilleman), que provavelmente não tinha idéia de que essa gravação poderia ser amplamente revisto pela Internet, o que não existia quando ele fez o gravação.
O cientista provavelmente pensou que isso iria permanecer em segredo para sempre. Quando perguntado por que isso não vá para a imprensa, ele disse: "Obviamente você não sair, isso é uma questão científica no seio da comunidade científica".

Em outras palavras, os cientistas escondem cientistas vacina vacina. Mantêm-se todos os seus segredos sujos dentro de seu próprio círculo de silêncio e revelar a verdade sobre a contaminação de seus tiros.
Transcrição da entrevista com o Dr. Maurice Hilleman (Obrigado ao Dr. Len Horowitz para encontrar esse registro e tornar publicamente disponíveis):
Dr. Len Horowitz: Ouça agora a voz do perito mundial em vacinas, Dr. Maurice Hilleman, chefe da Divisão de Vacinas da Merck Pharmaceutical Company, transmite esse problema que eu estava tendo com macacos importados. Melhor explica a origem da AIDS, mas o que você ouvirá foi cortado da divulgação pública.
Dr. Maurice Hilleman: Eu acho que as vacinas devem ser consideradas oportunidades tecnológicas para o século 20.

Narrador: 50 anos atrás, quando Maurice Hilleman era um estudante do ensino médio em Miles, Montana, a esperança de que se possa qualificar como estagiário para a JC Penney loja local. Em vez disso, ele passou a avanços pioneiros na pesquisa e desenvolvimento de vacinas do que ninguém na história da medicina nos Estados Unidos. Entre as descobertas feitas na Merck são vacinas para a caxumba, rubéola e sarampo (...)
Dr. Edward Shorter: Diga-me agora como você encontrou a vacina contra a poliomielite e SV40.

Dr. Maurice Hilleman: Bem, isso foi em Merck. Se eu fosse para a Merck. Foi o de desenvolver vacinas.E tivemos vírus selvagem naqueles dias. Você se lembra do vírus em macacos selvagens de rim e assim por diante? E, finalmente, depois de seis meses eu desisti e disse que eu não poderia desenvolver vacinas com esses malditos macacos, que foram feitas e se eu pudesse fazer alguma coisa estava indo para a sua demissão, e não tentar. Então eu fui para ver Bill Mann no zoológico de Washington DC e disse Bill Mann, "Olha, eu tenho um problema, e não sei o que diabos fazer." Bill Mann é um cara muito brilhante. Disse que esses macacos estão sendo coletados, enquanto armazenados em trânsito nos aeroportos, carga e descarga. Ele disse, muito simples, ir buscar o seu macacos na África Ocidental e obter o Monkeys Africano Green, trazê-lo para Madrid, então baixá-los, não há tráfego de outro animal, você traz em um avião para Filadélfia e buscá-las. Ou trazê-los de avião para New York, a recolha directa de aeronaves. Então nós trouxemos Africano macacos verdes e não sabia que estávamos importando vírus da Aids na época.
Várias vozes são ouvidas no fundo (...) (risos) foi você quem introduziu o vírus da Aids no país. Agora sabemos (risos) Essa é a história real! (Risos) O que não seria Merck para desenvolver uma vacina!(Risos)

Dr. Maurice Hilleman: Então o que ele fez, ele trouxe, eu quero dizer que nós trouxemos os macacos, só tinha aqueles e esta foi a solução, porque os macacos não têm o vírus selvagem, mas nós ...
Dr. Edward Shorter: Espere, porque não têm macacos verdes de vírus selvagens que vieram da África?
Dr. Maurice Hilleman: (...) porque eles não eram, eles eram, não estavam sendo infectadas nestes grupos com todos os outros 40 tipos diferentes de vírus (...)
Dr. Edward Shorter, mas eles haviam trazido da selva embora ...
Dr. Maurice Hilleman: Sim, eles tinham esses, mas eles eram relativamente poucos e que você tem é um grupo de colônias e terá transmissão da epidemia de infecção em um espaço confinado. De qualquer forma, macacos verdes chegaram e agora temos essas reservas e estão tomando para a limpeza e Deus sabe que eu estou descobrindo novos vírus. Bem, eu tive um convite da Irmã Kinney Foundation que a fundação era contra quando era de vírus vivo ...
Dr. Edward Shorter: Ah, bem (...)
Dr. Maurice Hilleman: Sim, eles tinham aderiram ao movimento de Sabin e me pediu para descer e dar uma palestra na reunião da Fundação Irmã Kinney e viu que era um encontro internacional e Deus, como eu falo? Eu sei o que fazer, vou falar sobre a detecção de vírus não detectáveis ​​como um tema.
Dr. Albert Sabin ... há aqueles que queriam uma vacina de vírus vivo ... (ininteligível) ... concentrou seus esforços em mais e mais pessoas a usar a vacina morto, enquanto eles estavam me apoiando para a pesquisa sobre vírus viva.
Dr. Maurice Hilleman: Então agora eu tenho que ter alguma coisa (risos) você sabe que vai atrair a atenção. E diabos, eu pensei que SV40 condenado, quero dizer, que o agente vaculante condenados que temos, eu vou levar isso em particular, o vírus deve ser em vacinas, tem que ser no Sabin rapidamente assim que eu tentei (risos) e, claro, estavam lá.
Dr. Edward Shorter: eu serei um condenado
Dr. Maurice Hilleman: ... E agora ...
Dr. Edward Shorter: ... então você só tirou das prateleiras reserva-se o Sabin aqui na Merck ...
Dr. Maurice Hilleman, .. Sim, bem que ele tinha feito, foi feito na Merck ...
Dr. Edward Shorter: Sabin foi fazê-lo a este ponto?
Dr. Maurice Hilleman: Sim, foi antes de eu vir ...
Dr. Edward Shorter: Sim, mas neste ponto Sabin apenas fazendo testes de campo grande ...
Dr. Maurice Hilleman: oh ...
Dr. Edward Shorter, ok,
Dr. Maurice Hilleman: ... na Rússia e assim por diante. Então eu fui para baixo e falou sobre não-detectáveis ​​de detecção de vírus e disse Albert, "Hey Albert saber que você e eu somos bons amigos, mas eu vou lá e você está irritado. Vou falar sobre o vírus está na sua foto. Você vai se livrar do vírus, não se preocupe com isso, e você vai se livrar dela ... mas é claro que Albert estava muito zangado ...
Dr. Edward Shorter: O que ele disse?
Dr. Maurice Hilleman, bem, ele basicamente disse que este é apenas obfuscation outro que irá interromper as vacinas. Eu disse bem, você sabe, você está absolutamente certo, mas temos aqui uma nova era e como é importante triagem é se livrar desses vírus.
Dr. Edward Shorter: Por que chamá-lo de uma ilusão se fosse um vírus que estava contaminando a vacina?
Dr. Maurice Hilleman: ... bem, existem 40 tipos diferentes de vírus é que essas vacinas foram inativação de qualquer maneira e oh
Dr. Edward Shorter, mas você não estava pensando que inativar ...
Dr. Maurice Hilleman: Não, isso é correto, mas a vacina contra febre amarela tinha o vírus da leucemia nele e você sabe que isso foi nos dias da ciência muito bruto. de qualquer forma, eu fui e falei com ele e disse: bem por que você está preocupado com isso? "Eu digo a você, eu tenho um sentimento em meus ossos que este vírus é diferente, não sei por que eu digo isso, mas eu ... Eu só acho que este vírus terá algum efeito a longo prazo." Ele disse o quê? E eu disse: "câncer". (Risos) Eu disse, Albert, você provavelmente acha que eu sou louco, mas um que eu tenho é sentimento. Bem, nesse meio tempo tomar este vírus e nós colocamos os macacos e hamsters. Por isso tivemos essa reunião e que era o tipo de tema do dia e piadas que estavam lá eram de que "gee, ganharia os Jogos Olímpicos, porque os russos seriam todos cheios de tumores." (Risos). Este era o lugar onde a vacina estava sendo testado, este era o lugar ... então, realmente destruiu a reunião e foi o tipo de questão. Bem, de qualquer maneira ...
Dr. Edward Shorter: E era a reunião de médicos em Nova York?
Dr. Maurice Hilleman: Bem, não, essa foi a Irmã Kinney Fundação ...
Dr. Edward Shorter: Irmã Kinney, certo ...
Dr. Maurice Hilleman, Becco e Del ... levantou-se e previu problemas com esta classe de agentes.
Dr. Edward Shorter: Por que não isso na imprensa?
Dr. Maurice Hilleman: ... bem, eu acho que se eu não me lembro. Nós não tivemos nenhum comunicado de imprensa sobre isso. Obviamente você não sair, isso é uma questão científica dentro da comunidade científica ... (brincadeira) A voz de um repórter ... Uma vitória histórica sobre uma doença temida é descoberta na Universidade do Michigan. Aqui os cientistas a entrar numa nova era monumental relatórios médicos comprovando que a vacina Salk contra a poliomielite vai ser um sucesso estrondoso. É um dia de triunfo para o Dr. Jonas E. 40 anos Salk, desenvolvedor da vacina.Ele vem com Connor Basil O 'o líder da Fundação Nacional de Paralisia Infantil que financiou os testes.Centenas de jornalistas e cientistas de todo o país reúnem-se para o timing do anúncio ...
Dr. Albert Sabin: ... era mostrar muito, muito Hollywood. Houve muito hype ea impressão foi em 1957, não 1954, que era o problema tinha sido resolvido, a poliomielite tinha sido conquistado.
Dr. Maurice Hilleman: ... mas de qualquer maneira nós sabíamos que estava em nosso estoque de sementes para produção de vacinas. Este vírus é uma em cada 10.000 partículas ativado ... foi boa ciência nessa época porque é isso que eu fiz. Ele não se importava com esses vírus selvagem.
Dr. Edward Shorter: Então você descobriu, não foi ativado no vacina Salk?
Dr. Maurice Hilleman: .. Direita. Então a próxima coisa que sei é, 3, 4 semanas após os tumores foram encontrados que aparecem nestes hamsters.
Dr. Len Horowitz: Apesar de AIDS e leucemia de repente, se tornando uma pandemia "selvagens vírus", disse Hilleman que esta era uma "boa ciência" na época.
* Tradução: Ivana Cardinale
http://aporrea.org/internacionales/n188661.html







SE VOCÊ NÃO ACESSOU NOSSA PÁGINA PRINCIPAL, ESTÁ PERDENDO UM UNIVERSO DE INFORMAÇÕES

Leia mais: celiosiqueira.blogspot.com


0 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...