26 de setembro de 2011

Cuidado você pode ser o próximo a ser julgado!



 Juiz dos EUA aprova que poderá se julgar qualquer pessoa de qualquer lugar do mundo!


U. S. Justiça confirmou o direito de julgar e punir os cidadãos de qualquer país em qualquer lugar do mundo, se houver "a intenção de causar prejuízo na América."
Este direito do Ministério Público e os serviços especiais dos EUA. UU. foi confirmado pelo Tribunal Federal de Recurso, após considerar o recurso apresentado pelos advogados do Monzer sírio Al-Kassar, que foi condenado a 30 anos de prisão em 2009. Monzer Al-Kassar, conhecido como "Príncipe de Marbella", foi condenado pelo Governo dos EUA. UU. para tentativa de entrega de armas para as FARC. 


Conforme verificado no tribunal, Al-Kassar concordou em vender armas para agentes secretos da Administração da aplicação da lei sobre Drogas posando como guerrilheiros colombianos. Era terra-ar mísseis e outras armas que estavam sendo usados ​​para lutar contra os militares dos EUA na Colômbia. 

O tribunal recusou o recurso afirmando que a Síria tinha "corretamente determinada a sua intenção de prejudicar os cidadãos dos EUA". Na opinião de juristas, a decisão desta corte, vai influenciar o curso dos diversos processos que estão pendentes em tribunal agora em Manhattan District, por exemplo, Victor Bout, indiciado nos EUA. UU. o mesmo crime que Al-Kassar, a venda de armas para as FARC. A defesa de Bout pediu mais de uma vez para fechar o caso porque não é da jurisdição dos EUA e não pode ser julgado no território dos EUA. UU. 

Além de advogados de Bout insistir que a sua extradição da Tailândia era ilegal.

Essas ações foram discutidas nos últimos dias entre os representantes da Rússia e dos Estados Unidos como parte da sessão da Assembléia Geral da ONU em Nova York. O Ministério russo dos Negócios Estrangeiros informou que chamou a atenção de os EUA sobre a necessidade de respeitar os direitos dos cidadãos russos estão nos Estados Unidos.


Tradução Google.

0 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...