19 de novembro de 2011

NATAL, O NASCIMENTO DE JESUS? 25 DE DEZEMBRO É UMA GRANDE MENTIRA DOS ÍMPIOS.


NATAL EM 25 DE DEZEMBRO É UMA GRANDE MENTIRA  DOS ÍMPIOS.

 "NATAL LUZ"  de Gramado, na Serra Gaúcha, 
   É ESCARNIO DOS RICOS CONTRA OS POBRES.

     Jesus é a Verdade, a Verdade em si mesmo, e a expressão da Verdade de Deus-Pai (Jo 14:6);
“conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará” (Jo 8:32).
    Jesus sempre iniciava as suas afirmativas assim: “em verdade em verdade vos digo”.
    Não pode haver um mínimo de erro em Deus, nem no seu filho Jesus... porque se houvesse, já eles não seriam perfeitos...
e Deus é perfeito. E a inverdade é erro.
    
 Jesus disse a Pilatos:
    “Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz.”
     Pilatos, pouco caso fazendo da verdade, de forma irônica e arrogante, contrapôs:
    “O que é a verdade?”              (Jo 18:33-40,  19:10,11).

    Muitos ministros da Palavra há, que agem como Pilatos, e estão pouco se importando pra Verdade.

    Sabem que o nascimento de Jesus não ocorreu em 25 de dezembro (nem perto disto), pior ainda: sabem que nesta data os pagãos romanos comemoravam o nascimento do deus Sol numa flagrante idolatria contra Deus.
     E tais “autoridades” da Palavra, insistem em contentar a Mídia, que não abre mão do “consumismo” que se faz neste dia.

     E também, não querem tais autoridades passar por ridículos, preferindo seguir a mentira, a seguir a verdade
     (*por terem durante centenas de anos ensinado que o Natal é em 25 de dezembro. Esta data foi instituida no ano 350 pelo papa Julio I).

    Outros há ainda, que também procedem como Pilatos, se omitindo, lavando as mãos diante da verdade.

    E fazem pouco caso disto, não lhes importando o que o povo pensa a respeito deles... que são mentirosos também.

    Há no mundo, 1,5 bilhão de pessoas que vivem na mais absoluta miséria, e não tem mais que um prato de comida no dia... quando tem.

    Há no mundo 3 bilhões de pessoas que não podem se presentear, pois não tem recursos para isto.

    Quis Deus que Jesus nascesse numa manjedoura, num estábulo num lugar pobre e humilde... será que foi por acaso?
     – Evidente que não. Deus nada faz por acaso.

    Certamente, a vida humilde e este nascimento humilde de Jesus está vinculada com a humildade e a pobreza de seus seguidores
    (podem até ser ricos eventualmente, mas, tem que terem tais  riquezas como se não as tivessem, e usar de toda esta riqueza para edificar o reino de Deus... e não para humilhar os pobres, os desafortunados).

    É um escracho, uma gritante humilhação, o que fazem os ímpios ricos (idólatras) com os pobres, ...
    neste mentiroso dia de Natal, em 25 de dezembro.


    Além do que, estes cretinos, não só humilham ao pobre, mas, tentam rouba-lo na única felicidade e riqueza que eles podem adquirir para sempre... a sua fé em Jesus!... coisa que não terão jamais estes perversos escarnecedores.

   Muitas crianças pobres ficam traumatizadas pro resto da vida, por não ganharem presentes, e por não poderem participar com os seus familiares, de churrascadas, perusadas, beberagens,  etc., neste dia fatídico e mentiroso de Natal.

    Depois, muitos deles, tornam-se delinquentes...(e isto, muitas vezes, teria começado no dia de Natal)... daí, não adianta recriminá-los, ao sofrerem danos por parte deles, se tais ímpios os levaram a este constrangimento, durante toda as suas vidas sofridas.

    Muitas destas crianças traumatizadas, rejeitarão para sempre este Jesus, festejado pelos idolatras em 25 de dezembro, pela dor  e humilhação que lhes causaram tais festas mentirosas do nascimento de Jesus.

    Ai daquele que escandalizar a um desses pequeninos, e o fizer se perder. Melhor seria atar uma pedra de moinho ao pescoço e se afogar na profundeza do mar (Mt 18:2-6).

    O verdadeiro seguidor de Cristo, quer seguir a tais idólatras, e quer participar ainda desta mentira?
   – Ou prefere pecar de outra forma... omitindo-se?

    Uma das formas que você pode contribuir, não se omitindo, é divulgar este texto (RT) e outros textos semelhantes, de autores que pensam do mesmo modo... de Cristo.


NATAL: JESUS NASCEU SEIS DIAS ANTES DA PÁSCOA.

Jesus fazia aniversário no dia oito de abibe ( março/abril), seis dias antes da Páscoa, conforme o que se deduz dos evangelhos. (Lc 2, Jo 12):

 “Quando ele atingiu os doze anos, subiram a Jerusalém, segundo o costume da festa (da Páscoa).” (Lc 2:41,42)

 Os preparativos da festa da Páscoa, em Jerusalém, começavam em 10 de abibe. No dia 14 era a Páscoa.
 Do dia 15-21 era a santa convocação. No dia 16 iniciava-se a semana dos pães asmos (Dt 16:5-8, Êx 12).

 Jesus atingiu a idade de doze anos no dia 8 de abibe e estava apto para subir de Nazaré na Galiléia para Jerusalém, como de fato subiu com seus pais.
 Esta viagem a pé e em lombos de burros deve ter demorado de três a cinco dias, pois eram 120 km de subida de montes, mas, certamente chegaram a tempo de prepararem a Páscoa.

  “Segundo o costume da festa” era recomendado que não se levassem a Jerusalém, nesta ocasião da Páscoa, menores de doze anos, a fim de que não se extraviassem, porque esta cidade que tinha cerca de 120.000 habitantes, ficava atulhada de peregrinos e sua população subia para mais de dois milhões de pessoas, segundo o historiador Flávio Josefo.

 As cidades circunvizinhas a Jerusalém, como Belém, Betânia, Anatote, Geba, Micmas, Mispa, etc., ficavam também superpovoadas, pois além dos moradores naturais da terra, acolhiam os parentes, e estrangeiros e peregrinos excedentes da festa da Páscoa em Jerusalém.

  Isto também aconteceu quando Jesus nasceu, ao ponto de sua mãe, Maria, ter que concebê-lo numa estrebaria de Belém (também naquele ano, coincidentemente, se realizava o recenseamento).

 E também aconteceu na semana que antecedeu à sua crucificação, quando então, Jesus ia e vinha naquela semana, entre Betânia e Jerusalém (Mc 11:1,11,12,15,20 e 14:3,13,17,26,32).

 SEIS dias antes da Páscoa, os amigos de Jesus: Marta, Maria, Lázaro e os apóstolos deram uma ceia à ele, e lhe deram de presente e o ungiram com uma libra de bálsamo puro, que era de muito valor (Jo 12:1-5), era a data de seu ANIVERSÁRIO.

  Judas Iscariotes, o que viria a trair Jesus, sendo o tezoureiro do ministério de Jesus, por ser ladrão, resmungou, e dentro de uma falsa misericórdia para com os pobres, disse:
  Por que não se vendeu este perfume por 300 denários e não se deu aos pobres ?
  Respondeu-lhe Jesus:
 “...Os pobres, sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes” (Jo 12:4-8).

  Isto é uma alusão de que naquele dia Jesus estava fazendo aniversário, e comemorando com eles, e isto era mais importante do que qualquer outra coisa.

  Depois, na véspera da Páscoa, Jesus ceia com os seus discípulos, era o dia dos pães asmos, ao qual Jesus ansiara, para comer aquela Páscoa com eles, antes de sua crucificação (Lc 22:1,7,15).

 João e Lucas, por sabedoria, mencionam subjetivamente a data natalícia de Jesus como sendo seis dias antes da Páscoa, ou, aproximadamente entre seis a dois dias (Jo 12:1-5 e Lc 2:42).

 Segundo Lucas, este nascimento se deu na primavera (no hemisfério norte a primavera transcorre de 23 de dezembro a 22 de março), antes do inverno, pois, os pastores ainda estavam no campo, e por isso as estrebarias estavam vazias e puderam acolher Maria e José. E Maria ali deu a luz a Jesus, e o pôs numa manjedoura.

 A Páscoa se realiza já quase no fim da primavera no hemisfério norte.
 O anjo do Senhor deu a notícia do nascimento de Jesus aos pastores que viviam no campo e guardavam o seu rebanho durante as vigílias da noite (exceto no inverno, quando ocupavam as estrebarias com o seu gado) (Lc 2:8-14).

   O Natal em 25 de dezembro era uma festa dos pagãos romanos, e era dedicada ao nascimento do seu deus Sol.

   Deus abomina todos os ídolos mas, principalmente esta festa de culto ao sol . Ele diz:
           "Destruirei os vossos altares, e desfarei as vossas imagens do sol, e lançarei o voss cadáver
           sobre o cadáver  dos vossos ídolos; a minha alma se aborrecerá de vós" (Levítico 26:30).

 Os pagãos da Síria, nos dias 25 de cada mês, ofereciam holocaustos a seus deuses (1º Macabeus, 1:62).

 Também não poderia ter sido o nascimento de Jesus, porque era inverno e nesta estação os pastores não ficavam com seus rebanhos no campo, mas traziam-nos para a invernada nos estábulos.
 Se fosse a invernada do rebanho, nem na estrebaria haveria lugar para Jesus nascer, disse Adam Clarke.


http://fimdostempos-oencoberto-descoberto.blogspot.com/p/o-nascimento-de-jesus.html?spref=tw

Darci Ubirajara é escritor, seu livro pode ser encontrado em   http://www.clubedeautores.com.br/

********************************************************************************
NOTA A VERDADE LIBERTA: Abaixo parte do filme Zeitgeist (2007) que compara o cristianismo com a filosofia pagã do deus sol e referencias astrologicas.
Parte 01 mostra os primeiros deuses SOL existentes antes de Cristo.





Zeitgeist, é um documentário amador de 2007 sobre alegados paralelos entre a história de Jesus e mitos antigos e uma conspiração dos ataques de 11 de setembro e o sistema bancário mundial.

A primeira parte, entitulada A Maior História Já Contada, argumenta que o Cristianismo copiou suas doutrinas centrais de outros mitos antigos, em especial Horus, Mitra e Dionisio.

O documentário tem caráter totalmente amador, foi trucidado (quando não simplesmente ignorado) pela comunidade acadêmica profissional. Mas isto não impediu de ser tornar um vídeo popular e muito citado na internet.

Anti-cristãos que vivem procurando algo para liquidar o cristianismo viram neste filme uma fonte inesgotável de falácias para serem jogadas contra cristãos.

Como um pouco de informação de verdade não faz mal para ninguém recomendamos esta entrevista com o Dr Chris Forbes.


Uma refutação completa e passo a passo se encontra em 
http://www.youtube.com/watch?playnext=1&playnext_from=TL&videos=nPqUa...

Fonte

http://mikemooreac.blogspot.com 


Abraços a todos
Célio





Comente nossos posts.
Seja membro deste blog.
Siga este blog pelo twitter:  http://twitter.com/celiofreedon 

1 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...