5 de dezembro de 2011

SANÇÕES CONTRA O IRÃ: TAMBORES DE GUERRA PELO CONTROLE DO PETRÓLEO IRANIANO


O óleo é levado mais uma vez alvo dos EUA para reforçar as sanções financeiras em um movimento para desencorajar os compradores de petróleo iraniano. A China, por sua vez, ameaçou uma terceira guerra mundial se os Estados Unidos não vai ficarem longe de Irã.
Os Estados Unidos tem aumentado a pressão após um relatório da AIEA sugeriu que o Irã pode desenvolver armas nucleares. 

O Irã criticou as acusações dizendo que a tecnologia nuclear foi desenvolvida exclusivamente para fins pacíficos. Petróleo é a principal fonte da receita do Irã, que bombeou para os cofres do país 56 bilhões de dólares nos primeiros sete meses de 2011, segundo dados do Departamento de Energia. Como tal, as penalidades para a compra de petróleo iraniano irá pesar sobre a economia, de acordo com os EUA. A França tem vindo a frente, sugerindo que a UE suspenda todas as importações de petróleo do Irã. A UE ainda está dividida sobre a decisão.

Apesar de todas as sanções do Ocidente, o petróleo é um recurso valioso e é impossível pensar que o Irã, o terceiro maior exportador mundial de petróleo bruto, terá um tempo difícil em encontrar compradores para o petróleo. Na Ásia, especialmente China e Índia têm aumentado suas importações do Irã. Os costumes chineses é esperado que o Irã vai se tornar o segundo maior fornecedor de petróleo bruto na China em 2011. India, entretanto, um tiro no pagamento depois que a Turquia tinha dificuldade para pagar o petróleo bruto iraniano em toda a Europa .

A agressão do Ocidente foi recebido com palavras fortes da Rússia e da China, que alertam para um ataque contra o Irã. Em uma televisão chinesa, o general Zhang Zhaozhong disse que a China não hesitará em proteger o Irã, mesmo com uma terceira guerra mundial, a fim de salvaguardar as necessidades da política interna.
A Rússia também expressaram sentimentos semelhantes em relação à Síria com o presidente Dmitry Medvedev, que publicamente afirmou ter colocado o sistema de alerta precoce de ataque de mísseis em modo de combate e não tolerar qualquer sistema de defesa antimísseis dos Estados Unidos na Europa.

1 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...