28 de agosto de 2013

Estudo brasileiro acha estrela mais velha gêmea do Sol. Estrela teria "Terras"?



Imagem mostra a gêmea solar HIP 102152, estrela situada a 250 anos-luz de distância da Terra na constelação do Capricórnio. Ela é mais parecida com o Sol do que qualquer outra gêmea solar, tirando o fato de ser quase 4 bilhões de anos mais velha (é a mais velha já identificada), o que nos dá a oportunidade sem precedentes de estudar como o Sol será quando envelhecer. As cores diferentes são pelo fato dela se mover ligeiramente entre as duas exposições, obtidas com um intervalo de muitos anos de diferença


Uma pesquisa liderada por instituições de pesquisa do Brasil e que utilizou telescópios do Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês), no Chile, identificou o mais velho gêmeo solar já descoberto. A estrela resolveria o chamado "mistério do lítio" no Sol e ainda pode conter planetas rochosos, assim como a Terra. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira na Universidade de São Paulo (USP).

Os gêmeos solares são estrelas com mesma massa e composição química similar ao Sol. Como estes são os dois fatores mais importantes na evolução de uma estrela, os cientistas podem estudar um gêmeo como se fosse o passado ou o futuro do Sol.

A pesquisa da USP descobriu estudou dois gêmeos solares, um potencialmente mais jovem (18 Sco) e outro mais velho (HIP 102152). O estudo, que usou os telescópios instalados no Chile, não apenas confirmou a hipótese, mas descobriu que a segunda estrela não só é mais velha que o Sol, mas é o gêmeo mais velho conhecido.

O mistério do lítio

Uma das dúvidas que os cientistas tentam resolver ao estudar os gêmeos solares é o chamado "mistério do lítio". Acontece que o Sistema Solar tem menos desse elemento químico do que a nebulosa - a nuvem de gás e poeira - da qual nossa vizinhança se formou. Isso indica que o elemento foi consumido pela evolução do Sol, ou pela formação dos planetas.

O estudo brasileiro descobriu que o gêmeo mais jovem tem mais lítio que o nosso Sol, enquanto a HIP 102152 tem menos. Outros dois gêmeos foram analisados e o resultado indica uma correlação muito estreita entre a quantidade de lítio e a idade da estrela.

Outras Terras
Estudos anteriores indicam que o Sol tem uma quantidade peculiar de certos elementos químicos em relação à maioria de seus gêmeos. A nova pesquisa indica que HIP 102152 tem uma abundância química similar à nossa estrela. Isso indica, afirmam os cientistas, que ela pode abrigar planetas rochosos, assim como o Sistema Solar.

NOTA: Devagar, muito devagar vão surgindo  informações sobre o sol e sua irmã gêmea.
Vamos ver quanto tempo ainda pra eles admitirem Nibiru, Hercólubus, Tyche, Kachina, etc etc. .. se é que vão admitir.

Abração
Célio

2 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...