24 de outubro de 2013

'Bola de fogo' encanta moradores de Bauru na região do interior de SP

O fenômeno pôde ser visto por volta das 23h30 e se trata de um bólido, um meteoro com grande intensidade de brilho

“Eu estava sentada no sofá olhando o céu pela janela da sala, quando vi uma ‘bola de fogo’ passando. Foi tão rápido, que eu fiquei tão surpresa que não consegui tirar o olho e nem falar nada para meu namorado que estava ao meu lado”.  Esse depoimento é da estudante  Julia Gottschalk, de 22 anos, que mora na Vila Altinópolis, próximo a avenida Nações Unidas, em Bauru.
Reprodução/Facebook Daniel Almeida Troizi
'Bola de fogo' encanta moradores de Bauru e região
Essa cena inusitada não foi vista apenas por Júlia. Vários moradores também observaram este fenômeno na noite desta quarta-feira (23), por volta das 23h30, como em Itatinga, Macatuba, Penápolis, Avaí e Andradina.
Fábio Marcelo Catarin, por exemplo, contou para a reportagem do JCNet que o fenômeno teve a duração de trinta segundos. “Foi magnífico. A princípio pensei que fosse um morteiro, mais sua trajetória era na horizontal. Infelizmente não tinha um celular em mãos, mas vai ficar na memória”.
Jessika Alves estava na estrada, próximo à cidade de Bauru, quando também viu a ‘bola de fogo’. “Parei na estrada para observar. Foi lindo. Mas não imagino o que pode ter sido. Parecia um cometa dos desenhos animados, uma bola em atrito com o vento e o fogo em sua volta deixando um rastro dourado”.
Em Penápolis, Daniele Oliveira Pereira também pôde se maravilhar com a cena. “Eu estava chegando da faculdade quando parei em frente da minha casa para me despedir do meu namorado. Foi então que eu vi esse fenômeno. Fiquei tão surpresa que não lembrei nem de pegar o celular para registrar”, conta.
Outros leitores enviaram diversos relatos do fenômeno e muitos aproveitaram para fazer seus pedidos. Luiz Fernando Lara foi um desses. Ele estava com mais três pessoas quando viu a passagem da 'bola de fogo'. “Cada um fez três pedidos, pois a ‘estrela’ se dividiu em três. Agora é esperar o pedido ser atendido”.
O JCNet entrou em contato com o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet) da Unesp de Bauru que, de acordo com o professor do Observatório Didático Astronômico Ricardo Langhi, informou que o fenômeno se trata de um bólido, um meteoro com grande intensidade de brilho e fragmentação do corpo.
“Estes fenômenos não são muito raros no céu. São corpos rochosos provenientes do espaço e que entram na atmosfera terrestre ou restos de artefatos, como satélites artificiais ou lixo espacial”, afirma.
Além do IPMet, o JCNet entrou em contato com a base da Força Aérea Brasileira de Pirassununga, onde os radares podem ter registrado a passagem do meteoro. A seção responsável informou que irá verificar se houve registro e encaminhar uma nota.

0 comentários:

Postar um comentário

Membros deste blog e usuários das contas google, podem postar comentários.
Serão aprovados comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais(e-mail, telefone, RG etc.) ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.
Serão aceitos comentários somente de seguidores deste blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...