Alerta - Estamos trilhando o caminho para a Terceira Guerra Mundial - A agenda está em curso

Todos os "vermelhos" se levantarão contra o imperialismo dos EUA e seus aliados.

O que não te contam sobre a situação atual do Brasil, leiam é importante.

O Caos começou na Venezuela, foi para Argentina e vem para o Brasil.

CUIDADO: FALSO ARREBATAMENTO A CAMINHO.

Jogo INWO também revelaque haverá um Falso Arrebatamento, "abdução", com noticias sobre queda de "meteoros, naves espaciais, e alienígenas"

Perigo: Evento solar de grande proporção deve ocorrer nos próximos meses

A inversão do campo magnético do Sol é de fato um evento de grande magnitude

27 de junho de 2012

Serviço de Inteligência britânica alerta para possíveis ataques na véspera dos Jogos Olímpicos em Londres



O chefe do serviço de inteligência britânica MI5 Jonathan Evans, alertou para possíveis ataques terroristas no Reino Unido, às vésperas dos Jogos Olímpicos em Londres.

"O momento em que enfrentamos uma ameaça por si só, já está no passado. Agora o perigo é mais fragmentado e em toda parte ", disse Evans, citado pela imprensa local.

De acordo com o diretor do MI5, a luta com a Al Qaeda no Afeganistão, insurgentes obrigaram o grupo terrorista para deixar o país e realizar suas atividades em outros estados.

Evans discutiu a evidência da ameaça terrorista de radicais islâmicos que existe hoje na Grã-Bretanha e lembrou que muitos adeptos de movimentos radicais que vivem no reino costumam viajar para países como a Somália ou o Iêmen para serem treinados como futuros terroristas.

"A Olimpíada será o principal objectivo destas pessoas", alertou Evans, acrescentando que os serviços de inteligência britânicos estão preparados para neutralizar ameaças terroristas.



Nota: Prezados leitores isto não lhes parece uma bola cantada, ou melhor um jogo de cartas marcadas?

 
Lembram da carta Combined Disasters do jogo INWO?


Pois é a imagem da carta mostra um enorme relógio (talvez o famoso big bang de Londres) despencando em meio ao que parece ser fumaça vinda de uma explosão. 


Os Jogos Olímpicos de Verão de 2012, oficialmente conhecidos como Jogos da XXX Olimpíada, serão realizados na cidade de Londres, de 27 de Julho a 12 de Agosto de 2012, seguidos pelos Jogos Paraolímpicos de Verão de 2012, que se realizarão entre 29 de Agosto e 9 de Setembro. Londres é a primeira cidade a sediar oficialmente os Jogos Olímpicos da Era Moderna por três vezes - as anteriores foram em 1908 e 1948.


Fundação Rockfeller prediz 13000 mortos nos jogos olimpicos 2012 em Londres
Será que teremos novidades desagradáveis antes ou durante as olimpiadas de Londres?
Será que mais uma vez a carta do jogo INWO está certa como estava em relação aos atentados de 11/09/01?


Quem viver verá, vamos aguardar.


Abraços a todos
Célio


Seja membro deste blog
Compartilhe nossos posts no twitter, e nas redes sociais.
Siga este blog pelo twitter:http://twitter.com/celiofreedon 
ou facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000416923559
  
 


Para americanos, Obama está mais preparado para 'invasão alienígena'


Para 65% dos americanos, Barack Obama seria mais hábil em lidar com ET's do Mitt Romney

Caso os Estados Unidos  sejam alvo de uma invasão alienígena, Barack Obama estaria mais preparado que seu adversário republicano, Mitt Romney, para garantir a segurança da população. Ao menos esta é a opinião de 65% dos entrevistados pelo National Geografic Channel (NGC). A pesquisa aponta ainda que 36% dos americanos acreditam que OVNIs existem, e mais de 10% afirmam já ter visto um.


Entre as mulheres chegam a 68% as que acreditam que Obama seria mais hábil em lidar com os extraterrestres do que Romney. Entre os homens esse índice cai um pouco, para 61%. Entre a população acima dos 65 anos, os dois candidatos aparecem empatados.

Obama já tocou no assunto durante uma visita do ator Will Smith com sua família à Casa Branca, em maio. Na ocasião, Jaden, 13 anos, filho de Smith, perguntou ao presidente sobre a existência de extraterrestres. "Eu não posso negar ou confirmar a existência de ETs. Mas posso lhe dizer que se tiver acontecido uma reunião secreta, ela aconteceu nesta sala", brincou Obama.


A pesquisa foi conduzida pela Kelton Research que ouviu 1.114 pessoas entre os dias 21 e 29 de maio. A margem de erro é 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos.




Fonte: Terra

http://www.revelacaofinal.com

POLEMICA: Facebook mudou endereços de e-mail dos utilizadores


A maior rede social do mundo alterou esta madrugada os endereços de e-mail de todos os utilizadores. Os mais de 900 milhões de inscritos no Facebook tiveram esta manhã (25/06) o seu perfil alterado, sem serem previamente contactados.
A alteração ocorreu na página de perfil dos utilizadores. O endereço de e-mail na área de contactos foi alterado para a terminação '@facebook.com'.
O e-mail pessoal anteriormente inscrito não foi apagado, mas uma vez que foi escondido, é necessária intervenção manual para reverter à forma original. Se tal não se fizer, os e-mails enviados para estes utilizadores passam a ser transmitidos através da conta do Facebook.
Esta decisão da rede social não é contrária às regras de utilização que todas as pessoas têm de declarar aceitar no momento em que se inscrevem - na qual é declarado, designadamente, que todo o conteúdo colocado na rede passa também a ser propriedade do Facebook. Mas está a provocar polémica, uma vez que a alteração foi feita em pré-aviso.
O site especializado em tecnologia Gizmodo escreveu mesmo um artigo muito crítico, no qual exige directamente: "Não voltem a fazer isto".
Segundo o jornal Daily Mail, um porta-voz do Facebook justificou a medida como forma de proteção da privacidade dos utilizadores. "Vamos também lançar uma nova opção que dá às pessoas hipótese de decidir que endereço de e-mail deseja que apareça na 'Timeline'", promete a mesma fonte.
A 'Timeline', em que as mensagens nas páginas surge arrumada em estilo de cronologia, é precisamente uma das últimas alterações polémicas ao Facebook, uma vez que também será imposta a todos os utilizadores, não lhes dando hipótese de a recusar.

Nota: O meu eu endereço no face eu já alterei, não dá para aceitar arbitrariedades mas do que já temos, aos que quiserem entrar em contato por e-mail o endereço aqui e no Facebook é: celiosiqueira@uol.com.br
Abraços a todos
Célio

24 de junho de 2012

Nibiru 2012: O Planeta X está vindo para a Terra e é visível a olho nu. Atualizado Novos vídeos


Nibiru ou Planeta X, visível acima do Sol nascente
RÚSSIA -. Os russos não escondem que o chamado Planeta X ou Nibiru como outras abordagens da Terra e suas conseqüências podem ser catastróficas. no céu há um novo objeto, uma mancha avermelhada antes só observada por astrônomos, mas depois de maio 2012 pode ser visto a olho nu .
Este seria o escuro planeta Nibiru, a probabilidade da existência deste planeta em nosso sistema solar apenas reconhecido pela NASA em 1982. Desde os sumérios de 5000 anos atrás, eles o chamavam de "disco alado" e argumentam que o aparecimento de Nibiru no céu ameaça causando problemas.
"A Queda dos asteróides à Terra não é mais relevante, a humanidade espera mais grandes eventos, a abordagem para a Terra de outro planeta, Nibiru irá passar tão perto que terá consequências para toda a humanidade e será catastrófico e que o Planeta X é muito maior que a Terra, pois a atração gravitacional de Nibiru é muito maior.
Esta abordagem irá ocorrer no final de 2012, quando os planetas vão estar no seu máximo, poderia mudar a rotação da Terra ou inverter pólos, uma nova era glacial, inundações, e o extermínio de toda a vida na superfície do solo 2/3 da humanidade morrerá ou, eventualmente, todos, de acordo com uma teoria do planeta Nibiru é o planeta dos Deuses, répteis nos textos antigos chamavam o Annunaki sumérios traduzido como os descendentes do céu. 
Uma vez a cada 3, 600 anos Nibiru está perto de nosso sistema solar, de acordo com os cálculos deste planeta será visível no final de 2012, um olhar no hemisfério Sudeste (Antártica) e 21 de dezembro de 2012, Nibiru de passagem perto da Terra e no Céu será semelhante a um segundo sol vermelho, coincidentemente ou não, neste dia, a era do calendário maia l esta sabia resumos, bem como a NASA sabe disso também, mas nas aulas de astronomia não dizer nada, nem uma palavra única, uma vez que estive aqui, é proibido de falar sobre a existência de um planeta desconhecido, Nibiru, lembre-se este nome porque está se aproximando, em 1972, Joseph Brady, da Universidade da Califórnia descrubriu que um planeta desconhecido causou perturbação gravitacional no cometa Halley.



http://www.elintransigente.com
Tradução Google





O Vídeo abaixo Publicado no youtube em 30/07/2012 por The100sevgilim 
NIBIRU JÁ ESTÁ EM NOSSO SISTEMA SOLAR e está sendo monitorado pelo Observatório de Arecibo!



Atualização em 24/08/2012.
Abaixo a foto da amiga Cassia Fonseca postada no Facebook:




Nova atualização 31/08/2012


ATUALIZAÇÂO 07 DE SETEMBRO 2012.



Para quem crê, nenhuma prova é necessária, e para quem não crê, nenhuma prova é possível. 
E você crê?

Mais informações sobre Nibiru, vocês podem encontrar no link:
http://www.anjodeluz.com.br/nibiru2.htm

Estejam preparados,  já sabem o que quero dizer, tenha um plano B,C e D, nada de deixar tudo pra última hora e ser pego de surpresa.

Abração.
Célio

Seja membro deste blog
Compartilhe nossos posts no twitter, e nas redes sociais.
Siga este blog pelo twitter:http://twitter.com/celiofreedon 
ou Facebook: 
http://www.facebook.com/celio.freedon

21 de junho de 2012

Fotos com suposto fantasma na BR 364 bomba no Facebook




Duas fotos colocadas na manhã de terça-feira (19) no mural do Facebook vem chamando a atenção da rede social. Segundo a pessoa que colocou trata-se de registo de um suposto fantasma que teria cruzado a pista no trecho referente ao distrito de Jacy Paraná até Porto Velho (RO).

O registo foi feito de madrugada, de acordo com o texto de apresentação das fotos. 

Mulher de branco aparece na BR 364 

Um grupo de jovens registou um vulto do que parece ser a mulher de branco na BR 364 quando voltavam para Porto Velho de uma festa na arena em Jacy Paraná. 

Reparem na imagem parece que a mulher de branco está sem cabeça e vestida de noiva. Cuidado ao vir pela BR 364 de Jacy para PVH de madrugada! (Fábio Bazik)

20 de junho de 2012

Presidente do Irã pede mudanças "com base em um Deus único"


O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse, em seu discurso na Rio+20, que a ordem internacional precisa ser "redesenhada" e que é necessário "tomar medidas agora para reformar o mundo atual". A fala do presidente iraniano teve um tom bastante religiosa também.

"A ordem internacional precisa ser redesenhada para servir tanto às necessidades materiais quanto espirituais dos seres humanos. No mundo futuro, a justiça e a compaixão devem ser institucionalizadas e tomar o lugar da inveja e do egoísmo", disse Ahmadinejad, em farsi, no plenário principal da cúpula, que teve início nesta quarta-feira (20).

Ele urgiu "todos os governos democraticamente eleitos" a se comprometer a guiar o mundo "com base na compaixão".

"Como líderes da nossa sociedade, precisamos nos comprometer a mobilizar os nossos recursos para construir uma sociedade global que seja dedicada à promoção das capacidades humanas. Precisamos fazer isso juntos, com sinergia para fazer prosperar os talentos dos seres humanos para realizarmos as nossas aspirações e objetivos comuns."
Ahmadinejad pediu reformas no mundo atual. "Precisamos de uma abordagem holística para redefinir a humanidade no seu sentido real, através da participação, da cooperação e da compreensão."
O presidente iraniano, sem citar o nome dos Estados Unidos, criticou o "colonialismo" e a "escravidão" que existiu no mundo nos últimos séculos. Também criticou as guerras, como a da "Coreia", do Vietnã e do Iraque".
Diante da "crise econômica e moral" pelo que o mundo passa, é que Ahmadinejad quer redesenhar o planeta. "Com base em uma visão holística, e que se baseie em um Deus único". Os valores atuais estão muito centrados no materialismo, individualismo e consumismo, afirmou o político iraniano.
O discurso não foi ouvido pela delegação de Israel, que deixou a sala da conferência.

CHEGADA
Ahmadinejad teria chegado ontem à noite ao Royal Tulipe, que fica na zona sul da capital fluminense. Veja o vídeo fornecido pela Aeronáutica na chegada do presidente ao Rio.



Nota: Democracia, compaixão, união, blá blá blá..alguém ai acha mesmo que esse pessoal está realmente preocupado com o povo?

Pelos seus frutos o conhecereis..... falam tudo certinho, mas não vivem nem praticam o que falam.

Uma nova ordem para o mundo, para controlar cada vez mais o povo, essa e a realidade.
Abração
Célio

Acelerador de partículas poderia ser usado como máquina tempo



Pode parecer roteiro de filme de ficção científica, mas físicos acreditam que a viagem no tempo pode ser feita usando instalações já existentes. Segundo eles, o maior acelerador de partículas do mundo tem chances de ser usado como uma máquina do tempo para enviar um tipo especial de matéria ao passado.
Os cientistas estudam uma forma de usar o Large Hadron Collider (LHC), o acelerador de partículas de 27 quilômetros de comprimento, enterrado no solo perto de Genebra, para enviar uma partícula hipotética de volta no tempo.
A questão, porém, ainda depende de algumas condições. Entre elas, a grande questão da existência ou não da tal partícula e a possibilidade de ela ser criada na máquina.
“Nossa teoria é a longo prazo, mas não é nada que não viole as leis da física ou restrições experimentais,” afirma o físico Tom Weiler, da Universidade Vanderbilt.
Se a teoria se mostrar correta, os pesquisadores asseguram que o método poderia ser usado para enviar mensagens tanto para o passado quanto para o futuro.
A hipotética partícula
Existem duas partículas relacionadas com a teoria da viagem no tempo: a Higgs singlet e a Higgs bóson.
A busca pela bóson foi uma das principais motivações para a construção do LHC em primeiro lugar. Desde que o acelerador começou a funcionar regularmente ano passado, ele procura por Higgs bosons. A máquina continua trabalhando arduamente.
Se o acelerador for bem sucedido em produzir a Higgs boson, acredita-se que a outra partícula também seja criada ao mesmo tempo.
Esta partícula pode ter uma capacidade única de escapar das três dimensões de espaço e uma dimensão de tempo em que vivemos e alcançar uma dimensão oculta que alguns modelos de física avançada acreditam existirem. Ao viajar através da dimensão oculta, as Higgs singlets poderiam entrar novamente nas dimensões em um ponto a frente ou para trás no tempo a partir de quando eles saíram.
“Uma das coisas atraentes desta abordagem sobre a viagem no tempo é que ela evita todos os grandes paradoxos”, explica Weiler. ”Porque a viagem no tempo é limitado a essas partículas especiais. Não é possível para um homem a viajar no tempo e assassinar um de seus pais antes que ele nasça, por exemplo”, exemplifica. Contudo, se os cientistas puderem controlar a produção das Higgs singlets, eles serão capazes de enviar mensagens para o passado ou futuro”.

http://hypescience.com



Segundo alguns cientistas, o LHC também pode gerar buracos negros o que poderia por em risco o mundo. Será?

Já falamos muitas vezes do LHC aqui no blog é só pesquisar que você acha vários assuntos sobre ele por aqui.

18 de junho de 2012

Peste bubônica, doença mais perigosa da Idade Média, ressurge nos EUA


Um habitante do estado norte-americano do Oregon foi contaminado com a doença mais perigosa da Europa Medieval – peste bubônica – e agora está em estado crítico.

Ele foi contagiado pela doença em 2 de junho, quando tentava salvar um camundongo da boca de um gato de rua.

O paciente está agora em uma das maiores clínicas dos Estados Unidos em estado crítico. O tipo da peste, do qual ele sofre, causa sangramento na cavidade abdominal e gangrena das extremidades. A vacina contra peste existe, mas atualmente ela não se produz nos EUA.

A peste bubônica ou morte negra espalhou-se por toda a Europa de 1347 a 1351, matando cerca de 25 milhões de pessoas. Ela pode ser transportada por pulgas e o homem pode adoecer na sequência da mordida de uma pulga ou do contato com os animais, que têm pulgas (por exemplo, com roedores). A partir de 1995 no estado do Oregon foram registados mais quatro casos da peste – todos os contagiados sobreviveram.



Fonte: Voz da Rússia

16 de junho de 2012

Pastor que diz ser 'Jesus Cristo Homem' afirma que o apocalipse acontecerá dia 30/06/2012


A contagem regressiva para a transformação de José Luis de Jesus Miranda está marcando 15 dias e algumas horas. Os membros da seita Crescendo em Graça aguardam pela transformação de seu líder, marcada para acontecer no dia 30 de junho.
Para quem não sabe, ao afirmar que é a encarnação de Jesus, o mexicano que prega o número 666 como sendo o número de Deus, diz que todos verão seu corpo ser transformado e então saberão que ele é realmente “o próprio Deus em sua última manifestação aqui na Terra”.
A transformação é explicada para os membros dessa seita como sendo a única forma para que Jesus Cristo Homem consiga fazer a grande mudança que esse mundo precisa. Por isso seu corpo se tornará indestrutível.
“Sem a transformação o mal triunfaria para sempre”, explica um vídeo postado no site da Crescendo em Graça do Brasil onde José Luis de Jesus Miranda possui milhares de fiéis.
No mesmo vídeo ele critica os outros líderes religiosos cristãos, principalmente católicos, dizendo que são lobos vestidos de cordeiros, que são homens maus e perversos. Até mesmo Cristovão Colombo é criticado, quando o vídeo diz que a história conspira contra o propósito de Deus na Terra.
Citando diversos versículos bíblicos eles explicam que depois da transformação tudo será mudado na Terra e quem crê governará o mundo ao lado de Jesus Cristo Homem, que trará justiça.
“É necessária a transformação porque a criação está em dores, clamando por mudança e o ímpio será tirado da Terra”, diz o estudo feito e transmitido para os membros da igreja.
Gospel prime 

Nota: Leia abaixo exatamente o que foi dito por Jesus a 2 mil anos atrás:

Respondeu-lhes Jesus: Cuidai que ninguém vos seduza.
"Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu o Cristo. E seduzirão a muitos.
Ouvireis falar de guerras e de rumores de guerra. Atenção: que isso não vos perturbe, porque é preciso que isso aconteça. Mas ainda não será o fim."
Mateus 24:4-6

Precisa dizer m ais alguma coisa?

Tenham cuidado para que ninguém que diz ser Cristo vos seduza e vos leve pro caminho do engano e da perdição.

Abração a todos
Célio
Seja membro deste blog
Compartilhe nossos posts no twitter, e nas redes sociais.
Siga este blog pelo twitter:http://twitter.com/celiofreedon 
ou facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=100000416923559
 

Rússia envia navios de guerra à Síria e EUA envia destroyer ao Golfo Pérsico



Clique para assistir o vídeo

Vários navios militares da Marinha russa do mar Negro estão preparados para zarpar rumo à Síria, segundo afirmações de uma fonte do Estado Maior das Forças Armadas Russas à agência Itar-Tass.
“Como o mar Mediterrâneo se encontra na zona de responsabilidade da Marinha do mar Negro, é provável que, em caso de que seja necessário, os navios da Marinha se dirijam à região para cumprir a tarefa de garantir a segurança da base de manutenção e abastecimento técnico e material da Marinha de Guerra da Rússia que se encontra em Tartús e que Rússia aluga da Síria”, precisou a fonte à agência de notícias russa.
Por sua vez a cadeia estadunidense NBC comunicou, citando a altos cargos norteamericanos, que um grupo de militares russos já estão a caminho do porto de Tartús à bordo de um dos navios da Marinha russa.
A porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, assinalou que está ciente da reportagem da NBC, mas não pode confirmar a informação transmitida pela cadeia.
Por sua parte, o assessor adjunto de Segurança Nacional para Comunicações Estratégicas e Discursos de Obama, Ben Rodhes, declarou que tinha visto os comunicados sobre o tema nos meios, mas que não está “pronto para comentá-los”. “Temos que estudar a informação e compreender o que está acontecendo na realidade. Mas Rússia possui ali um porto (Tartús) que já foi usado anteriormente”, informou o alto funcionário norteamericano.
Não obstante, um alto funcionário militar russo desmentiu rotundamente a informação que afirma que um dos barcos russos já navega à caminho da Síria. Irônicamente, acrescentou que ou os serviços secretos dos EUA funcionam mal ou seus empregados não estudam geografía na escola.
Fonte: RT

14 de junho de 2012

Exército dos EUA vive ‘epidemia’ de suicídios


 
Suicídio de militares: um problema urgente (Fonte: Reprodução/AP)

Entre janeiro e o inicio de junho deste ano foram registrados 154 casos de suicídio no Exército dos EUA


Números oficiais divulgados pelo Departamento de Defesa dos EUA mostram que o Exército norte-americano vive uma verdadeira “epidemia” de suicídios, com uma assustadora média de um militar tirando a própria vida por dia em 2012.
Entre janeiro e o inicio de junho deste ano foram registrados 154 casos de suicídio no Exército dos EUA. O número é maior do que os soldados norte-americanos mortos em combate neste ano no Afeganistão.

Guerra, estresse e crise econômica

Na última década, em que os EUA vêm envolvidos em duas guerras, a do Afeganistão e do Iraque, nunca a taxa de suicídios entre militares do país foi tão elevada.
Para o Pentágono, os suicídios decorrem de quadros de estresse pós-traumático desenvolvidos após anos sucessivos de participação em guerras. Segundo especialistas, a angústia e o desespero gerados pela situação econômica dos EUA também podem estar contribuindo para o aumento do número de suicídios entre os soldados norte-americanos.

Você sabia que o LHC é afetado pela Lua?


  
(Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail)
Os cientistas envolvidos nas pesquisas do Grande Colisor de Hadrons (LHC, que fica próximo à fronteira entre França e Suíça) encontraram um novo obstáculo em suas pesquisas. Eles perceberam que, em algumas épocas do mês, o efeito da gravidade no interior do equipamento era um pouco diferente do normal, o que não fazia muito sentido no começo, mas logo foi compreendido. Trata-se da influência da Lua.
Em dias de Lua cheia, a gravidade é alterada e as partículas acabam colidindo com menos intensidade. Exatamente, da mesma forma como ocorre com os oceanos, o LHC também é afetado diretamente pelo campo gravitacional da Lua. Mas isso só ocorre porque a extensão do equipamento é de 27 km, o que é suficiente para sofrer a influência do satélite natural.

Isso é mesmo uma novidade?

Na verdade não. Desde os tempos em que a circunferência de 27 km do colisor do LHC ainda fazia parte do LEP (Large Electron-Positron Collider), os cientistas já identificavam as alterações. O equipamento, que foi desativado em 2000, ainda apresentava diferentes forças gravitacionais em cada lado do túnel, o que causava algumas pequenas distorções.
  
(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons)

Naquele mesmo período, também foi percebido que o LEP apresentava algumas oscilações, todos os dias e no mesmo horário. Os cientistas logo descobriram que as perturbações eram criadas por um trem que ligava Genebra a Paris e passava nas proximidades, liberando descargas elétricas.

Mas o que tudo isso significa?

Essa é mais uma prova de que a influência da Lua realmente varia nos grandes corpos presentes na Terra. Isso já era sabido em relação às marés dos oceanos, mas, em algo construído pelo homem, a alteração não era tão evidente. Agora, os cientistas do LHC aplicam correções artificiais nos túneis. Dessa forma, as partículas podem voltar a ser aceleradas sem sofrer influências externas.

Fonte: Daily Mail
http://www.tecmundo.com.br

Às vésperas de nova eleição, gregos sacam dinheiro e estocam comida

Os gregos estão sacando dinheiro e estocando alimentos antes da eleição no país neste domingo, que muitos temem que resulte na saída forçada da Grécia da zona do euro.
Representantes do setor bancário afirmaram que até 800 milhões de euros (1 bilhão de dólares) estão deixando os principais bancos do país diariamente.


Enquanto isso, varejistas informaram que parte desse dinheiro está sendo usada para compra de massas e produtos enlatados, diante dos temores de retorno ao dracma causados por rumores de que um líder radical de esquerda pode vencer a eleição.
As últimas pesquisas de opinião mostraram o partido conservador Nova Democracia, que apoia o pacote de resgate da Grécia de 130 bilhões de euros (160 bilhões de dólares) que está mantendo o país solvente, em disputa apertada com o partido de esquerda Syriza, que quer cancelar o acordo de resgate.
Com a proximidade do pleito, pesquisas de opinião estão suspensas, o que tem criado um vácuo de informação enquanto representantes de partidos têm vazado "pesquisas secretas" contraditórias.
Grego mostra euros sacados nesta quarta-feira (13) em caixa eletrônico na região central de Atenas (Foto: AFP)Grego mostra euros sacados nesta quarta-feira (13) em caixa eletrônico na região central de Atenas (Foto: AFP)
Gregos passam por propaganda eleitoral em rua de Atenas nesta quarta-feira (13) (Foto: AFP)Gregos passam por propaganda eleitoral em rua de Atenas nesta quarta-feira (13) (Foto: AFP)
Ambos os partidos têm afirmado que querem manter a Grécia na zona do euro, mas o Syriza tem prometido cancelar o acordo de resgate assinado em março que impôs algumas das mais duras medidas de austeridade vistas na Europa em décadas.
A União Europeia e o Fundo Monetário Internacional alertaram que a Grécia, que tem dinheiro apenas para algumas semanas, precisa cumprir as condições do acordo de resgate sob o risco de ver os recursos serem cancelados.

11 de junho de 2012

Dezoito cientistas brasileiros questionam aquecimento global causado pelo homem


Dezoito dos principais cientistas do país, entre físicos, geólogos e climatologistas, enviaram carta à presidente Dilma Rousseff questionando o consenso de que o aquecimento seja causado pelo homem. Eles dizem que não há nenhuma influência humana sobre o clima global e que a hipótese de que o homem influencia o clima "é um desserviço à ciência". Criticam o que chamam de alarmismo climático e destacam que o gás carbônico (CO2) não é o vilão do aquecimento global, muito pelo contrário, "é o gás da vida". Abaixo a íntegra da carta aberta à presidente Dilma.
Agência Brasil
Cientistas enviaram carta aberta à presidente Dilma Rousseff questionando o consenso sobre o aquecimento global
Comunicado: Cientistas enviaram carta aberta à presidente Dilma Rousseff questionando o consenso sobre o aquecimento global
Carta aberta à presidente Dilma Rousseff
Mudanças climáticas: hora de recobrar o bom senso

Exma. Sra.
Dilma Vana Rousseff
Presidente da República Federativa do Brasil

Excelentíssima Senhora Presidente:
Em uma recente reunião do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas, a senhora afirmou que a fantasia não tem lugar nas discussões sobre um novo paradigma de crescimento - do qual a humanidade necessita, com urgência, para proporcionar a extensão dos benefícios do conhecimento a todas as sociedades do planeta. Na mesma ocasião, a senhora assinalou que o debate sobre o desenvolvimento sustentado precisa ser pautado pelo direito dos povos ao progresso, com o devido fundamento científico.
Assim sendo, permita-nos complementar tais formulações, destacando o fato de que as discussões sobre o tema central da agenda ambiental, as mudanças climáticas, têm sido pautadas, predominantemente, por motivações ideológicas, políticas, acadêmicas e econômicas restritas. Isto as têm afastado, não apenas dos princípios basilares da prática científica, como também dos interesses maiores das sociedades de todo o mundo, inclusive a brasileira. Por isso, apresentamos-lhe as considerações a seguir.

1) Não há evidências físicas da influência humana no clima global:
A despeito de todo o sensacionalismo a respeito, não existe qualquer evidência física observada no mundo real que permita demonstrar que as mudanças climáticas globais, ocorridas desde a revolução industrial do século XVIII, sejam anômalas em relação às ocorridas anteriormente, no passado histórico e geológico - anomalias que, se ocorressem, caracterizariam a influência humana.
Todos os prognósticos que indicam elevações exageradas das temperaturas e dos níveis do mar, nas décadas vindouras, além de outros efeitos negativos atribuídos ao lançamento de compostos de carbono de origem humana (antropogênicos) na atmosfera, baseiam-se em projeções de modelos matemáticos, que constituem apenas simplificações limitadas do sistema climático - e, portanto, não deveriam ser usados para fundamentar políticas públicas e estratégias de longo alcance e com grandes impactos socioeconômicos de âmbito global.
A influência humana no clima restringe-se às cidades e seus entornos, em situações específicas de calmarias, sendo estes efeitos bastante conhecidos, mas sem influência em escala planetária. Para que a ação humana no clima global ficasse demonstrada, seria preciso que, nos últimos dois séculos, estivessem ocorrendo níveis inusitadamente altos de temperaturas e níveis do mar e, principalmente, que as suas taxas de variação (gradientes) fossem superiores às verificadas anteriormente.
O relatório de 2007 do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) registra que, no período 1850-2000, as temperaturas aumentaram 0,74°C, e que, entre 1870 e 2000, os níveis do mar subiram 0,2 m.
Ora, ao longo do Holoceno, a época geológica correspondente aos últimos 12.000 anos em que a civilização tem existido, houve diversos períodos com temperaturas mais altas que as atuais. No Holoceno Médio, há 5.000-6.000 anos, as temperaturas médias chegaram a ser 2-3°C superiores às atuais, enquanto os níveis do mar atingiam até 3 metros acima do atual. Igualmente, nos períodos quentes conhecidos como Minoano (1500-1200 a.C.), Romano (séc. VI a.C.-V d.C.) e Medieval (séc. X-XIII d.C.), as temperaturas atingiram mais de 1°C acima das atuais.
Quanto às taxas de variação desses indicadores, não se observa qualquer aceleração anormal delas nos últimos dois séculos. Ao contrário, nos últimos 20.000 anos, desde o início do degelo da última glaciação, houve períodos em que as variações de temperaturas e níveis do mar chegaram a ser uma ordem de grandeza mais rápidas que as verificadas desde o século XIX.
Entre 12.900 e 11.600 anos atrás, no período frio denominado Dryas Recente, as temperaturas caíram cerca de 8°C em menos de 50 anos e, ao término dele, voltaram a subir na mesma proporção, em pouco mais de meio século.
Quanto ao nível do mar, ele subiu cerca de 120 metros, entre 18.000 e 6.000 anos atrás, o que equivale a uma taxa média de 1 metro por século, suficiente para impactar visualmente as gerações sucessivas das populações que habitavam as margens continentais. No período entre 14.650 e 14.300 anos atrás, a elevação foi ainda mais rápida, atingindo cerca de 14 metros em apenas 350 anos - equivalente a 4 m por século.
Por conseguinte, as variações observadas no período da industrialização se enquadram, com muita folga, dentro da faixa de oscilações naturais do clima e, portanto, não podem ser atribuídas ao uso dos combustíveis fósseis ou a qualquer outro tipo de atividade vinculada ao desenvolvimento humano.
Tais dados representam apenas uma ínfima fração das evidências proporcionadas por, literalmente, milhares de estudos realizados em todos os continentes, por cientistas de dezenas de países, devidamente publicados na literatura científica internacional. Desafortunadamente, é raro que algum destes estudos ganhe repercussão na mídia, quase sempre mais inclinada à promoção de um alarmismo sensacionalista e desorientador.

2) A hipótese "antropogênica" é um desserviço à ciência:
A boa prática científica pressupõe a busca permanente de uma convergência entre hipóteses e evidências. Como a hipótese do aquecimento global antropogênico (AGA) não se fundamenta em evidências físicas observadas, a insistência na sua preservação representa um grande desserviço à ciência e à sua necessária colocação a serviço do progresso da humanidade.
A história registra numerosos exemplos dos efeitos nefastos do atrelamento da ciência a ideologias e outros interesses restritos. Nos países da antiga URSS, as ciências biológicas e agrícolas ainda se ressentem das consequências do atraso de décadas provocado pela sua subordinação aos ditames e à truculência de Trofim D. Lysenko, apoiado pelo ditador Josef Stálin e seus sucessores imediatos, que rejeitava a genética, mesmo diante dos avanços obtidos por cientistas de todo o mundo, inclusive na própria URSS, por considerá-la uma ciência "burguesa e antirrevolucionária". O empenho na imposição do AGA, sem as devidas evidências, equivale a uma versão atual do"lysenkoísmo", que tem custado caro à humanidade, em recursos humanos, técnicos e econômicos desperdiçados com um problema inexistente.
Ademais, ao conferir ao dióxido de carbono (CO2) e outros gases produzidos pelas atividades humanas o papel de principais protagonistas da dinâmica climática, a hipótese do AGA simplifica e distorce um processo extremamente complexo, no qual interagem fatores astrofísicos, atmosféricos, geológicos, geomorfológicos, oceânicos e biológicos, que a ciência apenas começa a entender em sua abrangência.
Um exemplo dos riscos dessa simplificação é a possibilidade real de que o período até a década de 2030 experimente um considerável resfriamento, em vez de aquecimento, devido ao efeito combinado de um período de baixa atividade solar e de uma fase de resfriamento do oceano Pacífico (Oscilação Decadal do Pacífico, ODP), em um cenário semelhante ao verificado entre 1947-1976. Vale observar que, naquele intervalo, o Brasil experimentou uma redução de 10-30% nas chuvas, o que acarretou problemas de abastecimento de água e geração elétrica, além de um aumento das geadas fortes, que muito contribuíram para erradicar o café no Paraná. Se tais condições se repetirem, o País poderá ter sérios problemas, inclusive, nas áreas de expansão da fronteira agrícola das regiões Centro-Oeste e Norte e na geração hidrelétrica (particularmente, considerando a proliferação de reservatórios "a fio d'água",impostos pelas restrições ambientais).
A propósito, o decantado limite de 2°C para a elevação das temperaturas, que, supostamente, não poderia ser superado e tem justificado todas as restrições propostas para os combustíveis fósseis, também não tem qualquer base científica: trata-se de uma criação "política" do físico Hans-Joachim Schellnhuber, assessor científico do governo alemão, como admitido por ele próprio, em uma entrevista à revista Der Spiegel (17/10/2010).

3) O alarmismo climático é contraproducente:
O alarmismo que tem caracterizado as discussões sobre as mudanças climáticas é extremamente prejudicial à atitude correta necessária frente a elas, que deve ser orientada pelo bom senso e pelo conceito de resiliência, em lugar de submeter as sociedades a restrições tecnológicas e econômicas absolutamente desnecessárias.
No caso, resiliência significa a flexibilidade das condições físicas de sobrevivência e funcionamento das sociedades, além da capacidade de resposta às emergências, permitindo-lhes reduzir a sua vulnerabilidade às oscilações climáticas e outros fenômenos naturais potencialmente perigosos. Tais requisitos incluem, por exemplo, a redundância de fontes alimentícias (inclusive a disponibilidade de sementes geneticamente modificadas para todas as condições climáticas), capacidade de armazenamento de alimentos, infraestrutura de transportes, energia e comunicações e outros fatores.
Portanto, o caminho mais racional e eficiente para aumentar a resiliência da humanidade, diante das mudanças climáticas inevitáveis, é a elevação geral dos seus níveis de desenvolvimento e progresso aos patamares permitidos pela ciência e pela tecnologia modernas.
Além disso, o alarmismo desvia as atenções das emergências e prioridades reais. Um exemplo é a indisponibilidade de sistemas de saneamento básico para mais da metade da população mundial, cujas consequências constituem, de longe, o principal problema ambiental do planeta. Outro é a falta de acesso à eletricidade, que atinge mais de 1,5 bilhão de pessoas, principalmente, na Ásia, África e América Latina.
No Brasil, sem mencionar o déficit de saneamento, grande parte dos recursos que têm sido alocados a programas vinculados às mudanças climáticas, segundo o enfoque da redução das emissões de carbono, teria uma destinação mais útil à sociedade se fossem empregados na correção de deficiências reais, como: a falta de um satélite meteorológico próprio (de que dispõem países como a China e a Índia); a ampliação e melhor distribuição territorial da rede de estações meteorológicas, inferior aos padrões recomendados pela Organização Meteorológica Mundial, para um território com as dimensões do brasileiro; o aumento do número de radares meteorológicos e a sua interligação aos sistemas de defesa civil; a consolidação de uma base nacional de dados climatológicos, agrupando os dados de todas as estações meteorológicas do País, muitos dos quais sequer foram digitalizados.

4) A "descarbonização" da economia é desnecessária e economicamente deletéria:
Uma vez que as emissões antropogênicas de carbono não provocam impactos verificáveis no clima global, toda a agenda da"descarbonização" da economia, ou "economia de baixo carbono", se torna desnecessária e contraproducente - sendo, na verdade, uma pseudo-solução para um problema inexistente. A insistência na sua preservação, por força da inércia do status quo, não implicará em qualquer efeito sobre o clima, mas tenderá a aprofundar os seus numerosos impactos negativos.
O principal deles é o encarecimento desnecessário das tarifas de energia e de uma série de atividades econômicas, em razão de: a) os pesados subsídios concedidos à exploração de fontes energéticas de baixa eficiência, como a eólica e solar - ademais, inaptas para a geração elétrica de base (e já em retração na União Europeia, que investiu fortemente nelas); b) a imposição de cotas e taxas vinculadas às emissões de carbono, como fizeram a Austrália, sob grande rejeição popular, e a União Europeia, para viabilizar o seu mercado de créditos de carbono; c) a imposição de medidas de captura e sequestro de carbono (CCS) a várias atividades.
Os principais beneficiários de tais medidas têm sido os fornecedores de equipamentos e serviços de CCS e os participantes dos intrinsecamente inúteis mercados de carbono, que não têm qualquer fundamento econômico real e se sustentam tão somente em uma demanda artificial criada sobre uma necessidade inexistente. Vale acrescentar que tais mercados têm se prestado a toda sorte de atividades fraudulentas, inclusive, no Brasil, onde autoridades federais investigam contratos de carbono ilegais envolvendo tribos indígenas, na Amazônia, e a criação irregular de áreas de proteção ambiental para tais finalidades escusas, no estado de São Paulo.
5) É preciso uma guinada para o futuro:
Pela primeira vez na história, a humanidade detém um acervo de conhecimentos e recursos físicos, técnicos e humanos, para prover a virtual totalidade das necessidades materiais de uma população ainda maior que a atual. Esta perspectiva viabiliza a possibilidade de se universalizar - de uma forma inteiramente sustentável - os níveis gerais de bem-estar usufruídos pelos países mais avançados, em termos de infraestrutura de água, saneamento, energia, transportes, comunicações, serviços de saúde e educação e outras conquistas da vida civilizada moderna. A despeito dos falaciosos argumentos contrários a tal perspectiva, os principais obstáculos à sua concretização, em menos de duas gerações, são mentais e políticos, e não físicos e ambientais.
Para tanto, o alarmismo ambientalista, em geral, e climático, em particular, terá que ser apeado do seu atual pedestal de privilégios imerecidos e substituído por uma estratégia que privilegie os princípios científicos, o bem comum e o bom senso.
A conferência Rio+20 poderá ser uma oportuna plataforma para essa necessária reorientação.

Kenitiro Suguio
Geólogo, Doutor em Geologia Professor Emérito do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (USP)
Membro titular da Academia Brasileira de Ciências
Luiz Carlos Baldicero Molion
Físico, Doutor em Meteorologia e Pós-doutor em Hidrologia de Florestas Pesquisador Sênior (aposentado) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE)
Professor Associado da Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
Fernando de Mello Gomide
Físico, Professor Titular (aposentado) do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA)
Co-autor do livro Philosophy of Science: Brief History (Amazon Books, 2010, com Marcelo Samuel Berman)
José Bueno Conti
Geógrafo, Doutor em Geografia Física e Livre-docente em Climatologia
Professor Titular do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo (USP)
Autor do livro Clima e Meio Ambiente (Atual, 2011)
José Carlos Parente de Oliveira
Físico, Doutor em Física e Pós-doutor em Física da Atmosfera Professor Associado (aposentado) da Universidade Federal do Ceará (UFC)
Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)
Francisco Arthur Silva Vecchia
Engenheiro de Produção, Mestre em Arquitetura e Doutor em Geografia Professor Associado do Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos (USP)
Diretor do Centro de Recursos Hídricos e Ecologia Aplicada (CRHEA)
Ricardo Augusto Felicio
Meteorologista, Mestre e Doutor em Climatologia
Professor do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo (USP)
Antonio Jaschke Machado
Meteorologista, Mestre e Doutor em Climatologia
Professor do Departamento de Geografia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP)
João Wagner Alencar Castro
Geólogo, Mestre em Sedimentologia e Doutor em Geomorfologia Professor Adjunto do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Chefe do Departamento de Geologia e Paleontologia do Museu Nacional / UFRJ
Helena Polivanov
Geóloga, Mestra em Geologia de Engenharia e Doutora em Geologia de Engenharia e Ambiental
Professora Associada do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Gustavo Macedo de Mello Baptista
Geógrafo, Mestre em Tecnologia Ambiental e Recursos Hídricos e Doutor em Geologia
Professor Adjunto do Instituto de Geociências da Universidade de Brasília (UnB)
Autor do livro Aquecimento Global: ciência ou religião? (Hinterlândia, 2009)
Paulo Cesar Soares Geólogo,
Doutor em Ciências e Livre-docente em Estratigrafia Professor Titular da Universidade Federal do Paraná (UFPR)
Gildo Magalhães dos Santos Filho
Engenheiro Eletrônico, Doutor em História Social e Livre-docente em História da Ciência e Tecnologia
Professor Associado do Departamento de História da Universidade de São Paulo (USP)
Paulo Cesar Martins Pereira de Azevedo Branco
Geólogo, Pesquisador em Geociências (B-Sênior) do Serviço Geológico do Brasil - CPRM
Especialista em Geoprocessamento e Modelagem Espacial de Dados em Geociências
Daniela de Souza Onça
Geógrafa, Mestra e Doutora em Climatologia
Professora da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Marcos José de Oliveira
Engenheiro Ambiental, Mestre em Engenharia Ambiental e Climatologia Aplicada
Doutorando em Geociências Aplicadas na Universidade de Brasília (UnB)
Geraldo Luís Saraiva Lino
Geólogo, coeditor do sítio Alerta em Rede
Autor do livro A fraude do aquecimento global: como um fenômeno natural foi convertido numa falsa emergência mundial (Capax Dei, 2009)
Maria Angélica Barreto Ramos
Geóloga, Pesquisadora em Geociências (Senior) do Serviço Geológico do Brasil - CPRM
Mestre em Geociências - Opção Geoquímica Ambiental e Especialista em Geoprocessamento e Modelagem Espacial de Dados em Geociências

Fonte:
http://diariodovale.uol.com.br



Nota: Já postamos vários assuntos aqui sobre a fraude que é o aquecimento global, isso já nem é mais novidade pra nós, o que os governos querem é criar mais taxas como a do carbono pra continuar tirando o dinheiro do bolso do povo. 


Aquecimento global, isso é conversa pra boi dormir, e como diz o Boris Casoy:


Isso é uma vergonha!


Abraços a todos.
Célio

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...